Entrevista Com Nuno Crato

Nuno Crato: “Acho que o Dr. Passos é um herói nacional”

 

 

 

 

Não sei se a crónica “Almoço com” de Joana Petiz se tornou indigesto, mas pela leitura da entrevista aposto que sim.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/04/entrevista-com-nuno-crato/

3 comentários

    • Fernanda on 29 de Abril de 2017 at 12:23
    • Responder

    A verdade, a pos verdade e o “Acho” de achismo.

    • Nuno Costa on 29 de Abril de 2017 at 14:11
    • Responder

    Precisavas era de um rabo de raia por esse cu acima!!!!

    • Sílvio Miguel on 29 de Abril de 2017 at 17:20
    • Responder

    “Os nossos professores tiveram uma imensa dedicação num momento particularmente difícil, conseguiram que os alunos ficassem a saber mais, e isso é extraordinário. Tenho uma enorme admiração por todos eles.”
    Curiosa essa admiração, só se esqueceu de referir que tinha uma estratégia bem montada para, ano após ano, mandar para o Sistema de Requalificação centenas de professores que como se comprovou e se comprova fazem falta ao Sistema Educativo. Vítima dessa medida, fui eu contemplado tendo que provar as irregularidades e fraudes cometidas pelo anterior MEC, DGAE e DGEstE na implementação do Sistema de Requalificação de professores. Mas, posso garantir que a seleção dos candidatos a esse sistema estava a partida corrompido pelas irregularidades cometidas.
    Infelizmente, constatei, que uma grande maioria dos professores visados não contestaram essa medida subjugando-se de forma cordeira a essas imposições que como denunciei publicamente eram comuns a todos os visados.
    (disponível em https://www.youtube.com/watch?v=0_t1hB2LyT0)
    A essa pessoa e a todos os seus colaborados que tentaram implementar esse sistema com a intenção de destruir profissionalmente a carreira dos professores, só lhes desejo tanta sorte como aquela que me desejaram a mim e a tantos outros colegas de profissão visados.
    Pessoalmente, considero que, relativamente às disciplinas que leciono Educação Visual e Educação Tecnológica, as Metas Curriculares com a implementação de domínios de referência, objetivos e descritores de desempenho foi a maior aberração estrutural e programática feita até hoje, em detrimento das competências e objetivos a alcançar pelos alunos anteriormente definidos. Para não dizer ainda, que a separação das duas disciplinas implicou uma desagregação de conteúdos que se complementavam. Só mentes pouco esclarecidas e desenquadradas dessa realidade é que puderam definir essa estrutura.
    Mais ainda, acrescento, tanta intelectualidade demonstrada relativamente a determinadas áreas curriculares e, no entanto, durante o seu mandato desvalorizou a artes e a cultura.
    Registo aqui, aliás como já o fiz anteriormente nas minhas comunicações públicas que, embora a minha formação de base seja integralmente ligada às Ciências e Tecnologia, sempre valorizei e realcei a importância da parte artística e cultural no desenvolvimento integral das crianças, jovens e adultos. Só espíritos muito limitados a todos os níveis é que podem sistematicamente valorizarem duas disciplinas, Matemática e Português, em detrimento de todas as outras. Enfim, infelizmente, existem seres deste tipo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: