Alguém Ontem Falou em Greve?

Função Pública sem aumento de ordenado

 

Plano de Estabilidade não prevê atualização nos salários dos funcionários públicos entre 2018 e 2021.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2017/04/alguem-ontem-falou-em-greve/

9 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Nuno Barata on 19 de Abril de 2017 at 16:44
    • Responder

    Função pública sem aumento de ordenado. Professores (falo por mim) sem aumento de trabalho. Só se não puder!!!

  1. Tudo isto dos sindicatos não passa de uma encenação.

    Passaram cerca de 2 anos que este Governo está em funções e o que fez até agora Tiago Brandão Rodrigues? QUASE NADA

    A única coisa positiva em que mexeu foi acabar (e bem) com contratação manhosa da BCE. Esta alteração bem acolhida pelos docentes não acarretou qualquer custo para o Estado.

    – Os Horários de Trabalho continuam extremamente sobrecarregados e desgastantes para os professores nomeadamente a componente de “Trabalho de Escola”.

    – A questão de um regime especial de aposentação;

    – (…)

    Nada foi feito (nem vai ser feito) relativamente aos docentes no sentido de melhorar o seu Estatuto que está cada vez mais desvalorizado. Aliás Tiago Brandão Rodrigues já disse que nada depende dele. Enfim…

    EM ABRANTES TUDO COMO DANTES

    • Nuno Costa on 19 de Abril de 2017 at 17:23
    • Responder

    Temos de parar esta merda ou então estamos feitos.

    • Anonimo on 19 de Abril de 2017 at 17:32
    • Responder

    Em 2014, Fernanda Tadeu (esposa do actual Primeiro Ministro, António Costa) aderiu ao programa de rescisões por mutuo acordo do pessoal docente.

    Porque terá sido?

    http://www.movenoticias.com/2015/08/conheca-a-mulher-que-podera-vir-a-ser-primeira-dama-apos-legislativas/

    Eu respondo.

    Porque fazer dezenas Km diariamente para ir trabalhar, abdicar de estar com a família, prescindir de fins-de-semana e, após 20 anos de trabalho, levar para casa 1000 euros (aos quais há a deduzir as despesas) é aliciante.

    A profissão de “professor” é aliciante…

    Uma Vergonha

    • Ngola on 19 de Abril de 2017 at 19:55
    • Responder

    Os guardiões da lisura, dos bons costumes e da liberdade já levam dois anos de crédito!
    Parabéns!

    • Liliana on 19 de Abril de 2017 at 20:43
    • Responder

    Ou aumento de ordenado e progressões ou há greve aos exames. Mesmo declarando os serviços mínimos causará sempre confusão nessa altura. Se não forem estes sindicatos a decretarem criamos outros.

      • Triste on 19 de Abril de 2017 at 22:25
      • Responder

      Isso só aconteceria se o ministro fosse o Crato. Assim, nada a fazer porque os sindicatos têm medo de beliscar a flor que se chama Tiago Brandão….

  2. Aspecto positivo: terminar com contratação manhosa da BCE.
    Aspecto negativo : descontos para a segurança social dos professores contratados com horário incompleto.

      • Nuno Costa on 19 de Abril de 2017 at 23:07
      • Responder

      Só vê esse aspeto negativo? Epá, parabéns, é uma pessoa feliz 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: