O Tiago garante…

 

Através das vinculações extraordinárias previstas para 2018 e 2019, milhares de professores vincularão. Quem o afirma é o nosso ministro, Tiago Brandão Rodrigues. Segundo ele, trata-se de diminuir a precariedade laboral de muitos professores. Disse também que informará os sindicatos relativamente ao número de professores a vincular.

O problema é que ele não é professor, logo não sabe qual a precaridade a que se refere. E não deve ter consultado o blogue para ter uma ideia de quantos professores poderão vincular com esta medida.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2017/01/o-tiago-garante/

11 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Movimento on 16 de Janeiro de 2017 at 17:21
    • Responder

    Se o critério for o mesmo, até à RR2, saindo até lá horários só no sul?!?!

    • Geringonça no melhor!!! on 16 de Janeiro de 2017 at 17:21
    • Responder

    Espero que haja horário para todos… Esta gente sabe o que está a fazer????

    • Filomena on 16 de Janeiro de 2017 at 17:24
    • Responder

    E aumentará a precariedade de outros tantos, contratados que serão ultrapassados por uma VE injusta e até efetivos cujas graduações forem inferiores a estes que entram agora e cujo tempo de serviço é maioritariamente feito no privado, daí não terem vinculado antes.

    • Francisco on 16 de Janeiro de 2017 at 17:31
    • Responder

    Uma Vinculação que permite um lugar de quadro num grupo onde se tem apenas 365 é sempre vergonhosa ainda que melhor que a anterior que permitia entrar com 0. Como é possível que não sejam requeridos pelo menos 5 contratos, ainda que permitissem um maior espaço temporal para não prejudicar quem tem mais que um grupo. Os sindicatos alegando estar a defender aqueles acabam por justificar as vinculações dos paraquedistas.

      • joana on 16 de Janeiro de 2017 at 18:39
      • Responder

      concordo plenamente.alias ha que exigir um tempo minimo no grupo de recrutamento a vincular.

    • Zé Augusto on 16 de Janeiro de 2017 at 17:36
    • Responder

    Claro… com jeitinho ele nem está cá em 2018, muito menos em 2019… por isso…

    • Spartakos on 16 de Janeiro de 2017 at 18:04
    • Responder

    Uma vergonha, vai haver ultrapassagens, em virtude de professores terem tido renovação de contratos com menos tempo de serviço e só esse facto da-lhe o direito de ultrapassar colegas com muito mais tempo e que não conseguiram ficar na RR2.

    • Ana Carvalho on 16 de Janeiro de 2017 at 18:06
    • Responder

    E quem garante que o Tiago ande por cá em 2018, 2019…………….

    • susy220 on 16 de Janeiro de 2017 at 18:11
    • Responder

    A única coisa que o Ministro não diz é a que o graduação profissional
    neste concurso não conta para nada, e que através dos critérios que
    inventaram centenas de professores em cada grupo vão passar à frente de
    outros mais graduados.


  1. Precários também são os QZPs que chegam a fazer 400 km por dia para poderem trabalhar. Para diminuir a precaridade terá de colocar todos em QA. Isso sim era diminuir a precaridade. Muitos que agora vão entrar nem sabem o que os espera trabalhar longe de casa sem direito a recusarem trabalho com um ordenado que mal paga as despesas. Para não falar das injustiças da não colocação pela graduação em todos os momentos do concurso. A precaridade não vai diminuir vai aumentar. Vai manter-se para quem entra ainda que lhe seja garantido um ordenado e vai aumentar para todos os outros que ainda estão instáveis porque o bem de uns é o mal dos outros. Este senhor assim como os outros que lé estiveram não sabe o que está a fazer. Se houver poucas vagas de QA então é um desastre para muita gente.


  2. Leio discursos de ultrapassagem, por causa de TEIP, de renovações, entre outras. Muito bem! Não leio qualquer palavra a falar das ultrapassagens que muitos tiveram por entrarem em instituições por não terem lugar nas mais prestigiadas (sabe-se lá porquê!!!), ou por não terem aceite/concorrido para lugares que se não fossem os “menos graduados” ficariam vazias! Têm toda a razão – é só injustiças!!!


  1. […] via O Tiago garante… — Blog DeAr Lindo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog