25 de Outubro de 2016 archive

Há Ingenheiros e ingenheiros

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Os de letra maiúscula assumem os erros, os outros não.

 

Adjunto de Costa com falsa licenciatura demitiu-se

 

Rui Lizardo Roque frequentou o curso de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Coimbra, mas nunca o terminou, embora seja apresentado como licenciado

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/10/ha-ingenheiros-e-ingenheiros/

Alteração ao D.L. do regime E.P.E.

 

Foi publicada, hoje, a terceira alteração ao regime do ensino português no estrangeiro. Decreto Lei N.º 65-A 2016.

(clicar na imagem)

ne

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/10/alteracao-ao-d-l-do-regime-e-p-e/

Quantos Podem Regressar à RR8

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

O próximo quadro apresenta o número de colocados em horários temporários na RR2 e na RR3.

Este quadro é apresentado porque este é o número máximo de docentes que podem regressar à Reserva de Recrutamento para colocação na RR8.

Alguns deles já regressaram à RR7 e até obtiveram colocação. Esta semana já podem regressar à reserva os docentes colocados na RR3, desde que o seu contrato termine, a escola finalize o contrato e o docente manifeste vontade de regressar à reserva de recrutamento.

Chamo a atenção de quem foi colocado em horário temporário e também concorreu a contratação de escola para acumulação e obteve colocação sai definitivamente da reserva, mesmo que o seu contrato já tenha terminado.

Acredito que a grande maioria dos colocados nestes horários temporários ainda continuem em funções nas escolas e por essa razão não serão nem metade destes os que vão regressar à reserva.

 

 

temporarias

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/10/quantos-podem-regressar-a-rr8/

Petição: Teste escrito como único elemento avaliativo a Educação Física

 

Era o que mais faltava. A nota de Educação Física contar para a média de entrada na Universidade? Isto não cabe na cabeça de ninguém. Só num país subdesenvolvido é que isto acontece. Às vezes, julgo viver num daqueles países em que os miúdos correm de e para a escola, deixando antever o seu futuro como maratonistas internacionais. (tão magrinhos que eles são. Até parece que passam fome.)

Porque é que um médico ou um advogado tem de saber “dar” uma “cambalhota”? (cada um faz o que quer com a sua vida e eu não tenho nada a ver com isso) Se quiserem fazer exercício só precisam de se inscrever num qualquer ginásio e, quando tiverem uma folguinha, passar por lá. (equipados com aqueles modelitos de morrer e toalha de seda pelos ombros) Ou então, dar uns mil euritos por uma” Bike”, apetrechada com “material” do melhor que há no mercado, para não terem que se esforçar nas subidas. É vê-los em grupo (qual matilha de lobos) a passear-se por essas estradas regionais, ao domingo de manhã. (esses hereges que faltam à missa)

Tenho lido e ouvido queixas de professores e pais sobre esta medida. Que será dos bons alunos? Aqueles que não levantam o rabo dos sofás, onde se embrenham em “calhamaços literários” e por ali ficam a encher as peles. Os meninos até devem praticar desporto, mas não numa perspectiva de seguir uma qualquer carreira na área, isso não dá pão a ninguém. (que dirá aquele antigo professor de Educação Física que deu aulas na Escola Básica 2/3 José Afonso em Alhos Vedros ,de seu nome José) A “ginástica” é para ser praticada nos tempos livres da criançada. (assim não ficam lá por casa a deformar o sofá de cabedal nem a sujar os tapetes persa) E mais. Porque é que têm de ter uma noção de uma data de desportos quando só gostam de um? Afinal de contas “ele” tem é de ser um Ronaldo porque nadar é para peixes, ou de ser bailarina, que é um desporto de gente “culta e civilizada”.

Brincadeiras e piadas à parte, o que li e ouvi foi a mediocridade de pensamento de um certo tipo de gente que sofre de perfeccionismo seletivo. (doença comum entre os umbiguistas)

Infelizmente, neste país o desporto e a prática desportiva é só para quem pode, não é para quem quer.

Deixem-se de hipocrisias. Em mais nenhuma disciplina, o esforço é tão avaliado como o desempenho final.

Mas sempre podem fazer uma petição a requerer que a Educação Física tenha como único elemento avaliativo uma “bateria” de testes escritos…

 

Autor Desconhecido

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/10/peticao-teste-escrito-como-unico-elemento-avaliativo-a-educacao-fisica/

Histórico da RR8 e Previsão de Colocações

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

A semana passada iniciei o quadro seguinte com as colocações em cada uma das reservas de recrutamento desde o ano 2012. Também iniciei uma previsão do número de colocados na Reserva de Recrutamento 7 e que acertei nos valores que previ, a semana passada deixei uma previsão com um intervalo de 100 colocações, esta semana vou deixar um intervalo de apenas 50 colocações.

Lembro todos que terminaram os contratos temporários das colocações da RR2 e RR3 que devem manifestar a vontade do regresso à lista da reserva de recrutamento até ao fim da manhã do dia de amanhã. Presumo que o limite para que integrem as colocações da Reserva de Recrutamento 8 seja manifestar o regresso até ao meio dia, mas até hoje não houve qualquer informação oficial da DGAE a explicar isso.

Para verem os colocados na Reserva de Recrutamento 8 desde 2012 por grupo de recrutamento, duração do horário e número de horas clicar nos links de baixo.

previsao-rr8

2015

354 Contratados Colocados na Reserva de Recrutamento 8

2014

266 Contratados Colocados na RR8

2013

212 Contratados Colocados na RR8

2012

Número de Colocações na RR8 (CONTRATAÇÃO)

Na Reserva de Recrutamento 8 foram colocados apenas 190 docentes, 46 deles com horário anual e 144 em horários temporários. Dos 46 docentes que obtiveram uma colocação até 31 de Agosto apenas 23 obtiveram em horário completo.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/10/historico-da-rr8-e-previsao-de-colocacoes/

“O que não devemos aprender com a Noruega” O desgaste afeta a todos.

 

Aqui está mais uma prova que, embora alguns problemas sejam comuns, há sempre diferenças substanciais. Que não podemos olhar para os “outros” sistemas de ensino como um exemplo absoluto a seguir. Tal como eles temos que olhar para os nossos problemas e tentar arranjar soluções. Cada país tem as suas próprias especificidades. Temos de olhar, de forma séria, para os nossos problemas e deixar de querer remendar uma manta de retalhos.

Mas uma coisa é bem comum a todos…

 

Os professores são os profissionais que mais metem baixa médica, são os trabalhadores que mais sofrem de esgotamento laboral e de stress. Podia ser uma conclusão portuguesa, mas esta vem da Noruega.

Einar Skavik é professor universitário e investigador na Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia. Estuda o que provoca o desgaste dos professores no seu país, onde o ensino é publico e gratuito. Conclui que a principal causa é a sobrecarga de trabalho administrativo, além das aulas:”..e os professores mais dedicados, mais motivados e que mais investem na preparação dos seus alunos, são os que estão em maior risco de esgotamento”.

O conselho aos professores é também universal: ” Ensinar é como correr a maratona. Não podemos acelerar logo no início. É preciso pensar que é uma carreira de 30 anos e que queremos chegar ao fim”.

(clicar na imagem) in TSF

sal

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/10/o-que-nao-devemos-aprender-com-a-noruega-o-desgaste-afeta-a-todos/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog