15 de Setembro de 2016 archive

Opinião – Santana Castilho – Dois dedos de conversa sobre a abertura do ano lectivo (no “Inferno”)

Uma boa explicação sobre o “estado da educação”…

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/09/opiniao-santana-castilho-dois-dedos-de-conversa-sobre-a-abertura-do-ano-lectivo-no-inferno/

Concursos Para a Escola Portuguesa de S. Tomé e Príncipe

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Ver aqui alguns concursos a decorrer para a Escola Portuguesa de S. Tomé e Príncipe.

 

s-tome

 

Em concurso ainda estão:

AVISO de dia 12 de Setembro

Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe

Aviso de abertura – Contratação

Torna-se pública a abertura de um procedimento concursal destinado à seleção de docentes com qualificação para os segunites Grupos de Recrutamento: GR- 230; GR- 300; GR- 330; GR- 510; GR- 520 e GR 620.

A Diretora

Manuela Costeira

AVISO de dia 13 de Setembro

Escola Portuguesa de São Tomé e Príncipe

Aviso de abertura – Contratação

Torna-se pública a abertura de um procedimento concursal destinado à seleção de docentes com qualificação para o 1º Ciclo.

A Diretora

Manuela Costeira

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/09/concursos-para-a-escola-portuguesa-de-s-tome-e-principe/

1500 Juntas Médicas para Professores

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

1500 juntas médicas para professores

 

 

Ministro garante que destacamentos por doença foram alvo de fiscalização clínica.

 

img_818x4552016_09_14_04_14_36_563593

 

 

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, revelou esta terça-feira que foram realizadas juntas médicas aos professores suspeitos de fraude nas colocações em mobilidade por doença em 2015. ”

Mil e quinhentas juntas médicas foram contratualizadas para responder a questões desta natureza”, afirmou o ministro, em reação à notícia de ontem do CM sobre suspeitas de novas irregularidades, este ano, no destacamento de 4160 professores devido a doença. O ministro não revelou se foram detetadas infrações nessas juntas médicas.

Já o bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, afirmou ao CM que “se foram feitas 1500 Juntas médicas e não houve notícia é porque não foram detetadas irregularidades e 99% dos casos eram justificados”.

Sobre as dúvidas levantadas por Filinto Lima, da Associação de Diretores de Escolas Públicas (Andaep), o bastonário convidou-o a “apresentar provas em vez de fazer afirmações difamatórias”.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/09/1500-juntas-medicas-para-professores/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog