«

»

Mar 27 2015

Imprimir Artigo

Como o Compreendo

Mas a força muitas vezes renasce quando menos se espera. Já houve fases que tive vontade de parar de vez e ter espaço para mim próprio e para aqueles que mais precisam de mim.

Fui contornando os mais diversos obstáculos para manter aceso este espaço com variadíssimos prejuízos pessoais e profissionais, mas a força de continuar  renascia sempre por saber que existe quem faz deste espaço um ponto de encontro e de procura de informação.

Perder o Umbigo é como perder parte da história da educação.

Ao Paulo Guinote desejo as maiores felicidades pessoais e profissionais e que continue a ser como sempre foi até aqui.

Livre para dizer o que pensa como só ele sabe escrever.

Abraço, Paulo Guinote.

 

A suspensão do Umbigo resulta de uma decisão tomada já há algum tempo e adiada mês após mês porque mais uma “novidade” merecia comentário.

Não é por qualquer tipo de pressão ou tentação.

Muito pelo contrário.

Foi um caminho em que o passado começou a ficar longo e o futuro se adivinha de continuidade, de uma forma ou outra, parecendo-me uma quase total perda de tempo argumentar com as criaturas que nos governam, tal como as que nos governarão e as que se adivinha que governarão.

Irão restar umas prosas de periodicidade mais ou menos mensal para o Público e, num horizonte visível, pouco mais, apenas um ou outro compromisso por liquidar.

Um enorme obrigado a quase tod@s os que por aqui passaram.

miratec

Seguir:
Seguir:

Últimos posts por arlindovsky (exibir todos)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2015/03/como-o-compreendo/

  • Luís

    O Crato deve estar maravilhado e a rezar para que o Arlindo seja o próximo… A Educação do Umbigo e o Arlindovsky são uma referência para todos os que defendem um papel central da Educação para o futuro de Portugal.
  • Maria Fátima Martins

    É triste perder o Umbigo! Faço minhas as palavras do Arlindo: “Perder o Umbigo é como perder parte da história da educação”. Boa sorte ao Paulo e sobretudo que continue livre e se saiba livrar de tentações!
  • MJ

    Lamento, mas respeito, a decisão do Paulo Guinote a quem agradeço o imenso tempo – esse bem tão precioso – que dedicou a todos os professores. Bem haja, Paulo! Fica mais só o Arlindo… Que o altruísmo o continue a vencer para que continuemos a ter este porto de abrigo. Obrigada aos dois.
  • anonimo idem

    Lamentável.
    Agora que poderiamos ter oportunidade de mudar alguma coisa que fosse neste panorama cinzento, desistem?
    Incompreensível.
    • Sérgio Lagoa

      Se o anónimo acha lamentável, pode criar o seu próprio blog para agarrar a oportunidade de mudar alguma coisa neste panorama cinzento.
      • anonimo idem

        E quem disse a você que não o faço já?

        Provavelmente até o visita. Não tem é o número de page views diário que outros têm. Nem é reconhecido na “blogosfera” como esse e outros o são.

        O timing escolhido, apesar de ter toda a legitimidade para isso, como não poderia deixar de ser, é que é imcompreensível. Ou então não. Mas isso fica para cada um reflectir. Principalmente para quem acompanhou esse e outros que foram activos em momentos políticos semelhantes.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respetivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego. As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar