28 de Maio de 2014 archive

Parece Ser Uma Enorme Novidade

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

… tendo em conta que foi anunciado um concurso interno intercalar para 2015.

 

E a aplicar-se o que diz o aviso de abertura, os docentes dos quadros de zona pedagógica não serão obrigados a concorrer ao concurso de 2015.

O que deixará pouca margem para uma elevada abertura de lugares em QA/QE já em 2015. E se não existir um número elevado de lugares de quadro então pouco sentido vai fazer este concurso interno intercalar.

 

 

Mobilidade interna

Adenda: numa análise mais cuidade verifiquei que o anúncio do próximo concurso interno terá de ser feita por despacho de membro do governo responsável pela área da educação (alínea c) do número 1, do artigo 6º). E como ainda não existe esse despacho é perfeitamente legítimo o que se encontra neste post.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/parece-ser-uma-enorme-novidade/

Pedido de Divulgação – Estudo Sobre a Motivação Docente

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Exmo. Sr. Professor,

motivação docente é uma problemática bastante relevante no sistema educativo português, afetando, não só os professores, mas também a motivação dos alunos e o funcionamento dos estabelecimentos de ensino, uma vez que os docentes são atores fundamentais em todo o processo educativo.

Apesar da sua importância, a motivação docente tem perdido, ao longo dos últimos anos, relevância em termos de investigação. Porém, é cada vez mais importante conhecer os índices motivacionais dos professores, uma vez que eles contribuem, de forma imprescindível, para a formação de várias gerações de cidadãos ativos.

Com o objetivo de analisar este aspeto numa ótica organizacional, considerando que a escola é em si própria uma organização, estamos a desenvolver uma tese de doutoramento com o título: A motivação profissional dos docentes do Ensino Básico e Secundário: a influência de variáveis organizacionais, individuais e pertencentes à interface sujeito-organização.

Esta tese é orientada pelo Professor Doutor Saul Neves de Jesus (Universidade do Algarve – Faculdade de Ciências Humanas e Sociais) e é financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) (Bolsa nº SFRH/BD/89588/2012).

Para realizar este estudo foi criado um questionário que se refere às percepções que os docentes possuem relativamente a um conjunto de variáveis que afetam a sua motivação profissional.
As respostas facultadas são totalmente confidenciais, sendo toda a informação utilizada, apenas, para os efeitos desta investigação.

O preenchimento do questionário demora cerca de 15 minutos. A passagem deste questionário foi já autorizada pela Direção Geral de Educação (DGE).

Vimos solicitar a sua colaboração nesta investigação, no sentido de responder ao questionário. O preenchimento deste deverá ocorrer até dia 13 de Junho de 2014.

https://docs.google.com/forms/d/1PVwB84D1DznNsWVx4E1PlXu9UwSvHWokYPaQNPOBf6Q/viewform

No final da investigação serão dados a conhecer os seus principais resultados, de forma a que todos possamos conhecer melhor os fatores que influenciam a motivação dos docentes do Ensino Básico e Secundário portugueses, podendo, a partir daí, serem melhor perspetivadas medidas que possam contribuir para um aumento desta motivação.
Os docentes que participarem neste estudo, respondendo ao protocolo de investigação, também poderão receber os resultados obtidos no mesmo, bastando indicar o e-mail logo no início do questionário.
Antecipadamente gratos pela atenção dispensada e aguardando o seu contato, subscrevo-me com os melhores cumprimentos,
João Viseu

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/pedido-de-divulgacao-estudo-sobre-a-motivacao-docente/

Posição da FENPROF Sobre as Vagas do CEE

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Precariedade docente: um problema que o MEC insiste em não resolver, para além de perder nova oportunidade de aplicar diretiva comunitária a que está obrigado

 

Foi publicada a Portaria n.º 113-A/2014, de 26 de maio, que estipula as vagas para o concurso externo extraordinário destinado a docentes da educação pré-escolar e ensinos básico e secundário, incluindo educação especial. No dia 27, saiu o aviso de abertura referente a esse concurso, ao de mobilidade interna, contratação inicial e reserva de recrutamento.

A FENPROF reafirma que a realização daquele concurso externo extraordinário está muito longe de resolver a vasta precariedade laboral imposta às escolas e à profissão docente, fomentada, durante muitos anos, por opção ideológica e por razões economicistas de sucessivos governos.

Se todas as vagas agora anunciadas pelos ministérios das Finanças e da Educação e Ciência vierem a ser preenchidas, serão 1954 os docentes que vincularão, ainda assim abaixo dos números ventilados pelo Ministro da Educação. Tendo em conta que, nos últimos anos, mais de 25.000 docentes se aposentaram – dos quais, segundo o MEC, ao longo do presente ano letivo terão sido 6000 – e que o próprio MEC tem anunciado a rescisão por mútuo acordo de mais alguns milhares de professores, poderemos avaliar a gritante insuficiência de um número de vagas que, para os menos atentos, até poderia parecer generoso.

Acresce dizer que a esmagadora maioria de vagas concentra-se em dois dos atuais quadros de zona pedagógica (QZP), sendo muito reduzido o número das existentes nos restantes, e que muitos grupos de recrutamento dispõem de um número escasso ou nulo de vagas. Embora a portaria refira que foram tidas em consideração as necessidades permanentes dos estabelecimentos, por opção do MEC, as vagas correspondem todas a QZP. Como se vê pelo número e pela tipologia das vagas, o MEC continua a fazer retórica quando diz que tem em conta as necessidades permanentes e faz mera propaganda quando as apresenta como resposta à exigência de vinculação dos professores contratados a termo resolutivo. Aliás, a FENPROF volta a sublinhar, o concurso em causa nada tem a ver com a aplicação da Diretiva 1999/70/CE, de 28 de junho, que obriga os estados membros da União Europeia a tomar medidas para evitar o abuso e a discriminação dos trabalhadores contratados a termo.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/posicao-da-fenprof-sobre-as-vagas-do-cee/

Posição da ANVPC Sobre as Vagas do CEE

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Professores contratados contestam vagas e recorrem novamente a Bruxelas

 

 

Os grupos de recrutamento que vão ter mais vagas a concurso serão as de disciplinas essenciais como Português, Matemática, Física e Química, Biologia e Geologia e Ciências da Natureza

A Associação Nacional de Professores Contratados (ANVPC) exigiu hoje conhecer os critérios usados pelo Ministério da Educação para abrir 1.954 vagas de acesso à carreira docente e a respetiva distribuição por disciplinas, anunciando nova queixa à Comissão Europeia.

“Não se encontra, novamente, qualquer critério adjacente quer ao número de vagas apresentadas, quer à sua distribuição pelos vários grupos de recrutamento”, afirma a associação em comunicado.

O Ministério da Educação vai abrir 1.954 vagas para Quadros de Zona Pedagógica (QZP), ao qual os professores podem concorrer através do concurso externo extraordinário, segundo um despacho publicado na segunda-feira em Diário da República.

As quase duas mil vagas destinam-se a educadores de infância e professores dos ensinos básico e secundário.

No entanto, a ANVPC considera que o conceito de “necessidades permanentes do sistema” continua a ser “absolutamente nebuloso”.

Na senda de iniciativas anteriores, a associação tenciona apresentar nas próximas semanas mais uma queixa à Comissão Europeia, “demonstrando o número insuficiente de vagas disponibilizadas pela tutela”.

Os grupos de recrutamento que vão ter mais vagas a concurso serão as de disciplinas essenciais como Português, Matemática, Física e Química, Biologia e Geologia e Ciências da Natureza.

A associação defende que em alguns grupos específicos não abrem vagas ou são insuficientes, face ao número contratações dos últimos anos, citando casos de professores com três, cinco, dez ou 15 contratos para horários completos sucessivos anuais.

A associação lamenta ainda o que considera ser “um ataque severo” à Educação Artística nos últimos anos.

“Na presente portaria, no grupo de Música e de Artes Visuais não é disponibilizada qualquer vaga nacional a concurso”, refere.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/posicao-da-anvpc-sobre-as-vagas-do-cee/

Posição da FNE sobre as Vagas do CEE

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Secretário-geral da FNE considera vagas a concurso insuficientes e mal distribuídas

 

 

Foi publicado na passada segunda-feira, dia 26 de maio, o diploma que fixa as vagas do concurso extraordinário de professores e que consagra a abertura de 1954 lugares nos quadros. O secretário-geral da FNE, em declarações a vários órgãos de comunicação social lembrou que as vagas a concurso são insuficientes e criticou a sua distribuição, acrescentando que há grupos de recrutamento onde há falta de professores e que não foram contemplados neste concurso.

Recorde-se que a FNE não chegou a acordo com o Ministério da Educação sobre a proposta de revisão do diploma sobre concursos de professores, considerando que se tratavam de “acertos de pormenor”.

Não foi garantida a vinculação de todos os professores contratados sucessivamente por três anos, em horário completo e ano inteiro.

A “segunda questão fundamental”, que também não foi assegurada, era passar a anual os concursos internos e externos, permitindo aos docentes aproximarem-se da sua escola de preferência.

Outra medida defendida pela federação, e não acolhida pelo MEC, era a de que “todas as escolas fossem iguais” no que toca às regras de realização de concurso.

Para a FNE, as escolas TEIP (Território Educativo de Intervenção Prioritária) e as que têm contrato de autonomia devem ter as mesmas regras de concurso que as restantes escolas.

A FNE criticou ainda a proposta do MEC de criar uma “Bolsa de Recrutamento”, por considerar que este novo sistema “não vai agilizar a resposta que as escolas têm de dar para as substituições de professores”.

 

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=jAgdFML1NWo]

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/posicao-da-fne-sobre-as-vagas-do-cee/

É Certo que um Preâmbulo Não Faz Lei

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

… e a informação que coloquei neste post não se verifica ser correta, já que está a ser possível aos docentes que reúnem condições para concorrer ao concurso externo extraordinário não se candidatarem neste concurso e fazer apenas a opção pelo concurso da Contratação Inicial e Reserva de Recrutamento.

O que se prova que as boas intenções dos preâmbulos a maior parte das vezes não são cumpridas, nem respeitadas.

 

A informação seguinte é da Circular B14014946H que foi publicada na DGAE, com data de ontem.

 

opções

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/e-certo-que-um-preambulo-nao-faz-lei/

Melhorias Evidentes na Manifestação de Preferências

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Se até agora era necessário preencher os códigos de preferências para cada um dos grupos de recrutamento, este ano verifica-se, pelo menos no concurso externo extraordinário, que é possível para cada uma das preferências manifestadas optar pelos grupos de recrutamento a que se candidata.

Já várias vezes alertei para essa necessidade de melhoria na aplicação e pelos vistos é confirmada este ano.

Espero que o mesmo procedimento seja feito para a contratação inicial.

 

grupos

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/melhorias-evidentes-na-manifestacao-de-preferencias/

Termina Hoje a Manifestação de Interesse pelo IEFP

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Termina hoje a manifestação de interesse ao IEFP que pode ser feita na aplicação dos concursos.

Nesta fase apenas podem candidatar-se os docentes dos quadros do MEC (QA/QE ou QZP).

Amanhã, dia 29 de Maio, a DGAE envia ao IEFP a lista dos candidatos e entre o dia 2 e 6 de Junho serão realizadas as entrevistas.

Para quem está indeciso em concorrer ao IEFP, por não conhecer em pormenor as funções que poderá desempenhar, o que aconselho é candidatarem-se e depois na fase da entrevista inteirar-se de mais pormenores e tomar uma decisão mais fundamentada.

Nada impede que na fase da entrevista possam tomar a decisão de anular a manifestação de interesse ao IEFP.

Mas isto sou eu a pensar.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/termina-hoje-a-manifestacao-de-interesse-pelo-iefp/

Manual de Instruções da Candidatura Eletrónica ao CEE e CI/RR

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Abriu hoje o concurso ao concurso externo extraordinário e à contratação inicial/reserva de recrutamento. A candidatura está aberta até às 18 horas do dia 3 de Junho.

 

Download do documento (PDF, 1.24MB)

 

Além do manual de instruções da candidatura eletrónica, podem encontrar no site da DGAE toda a documentação para este concurso. Não se esqueçam que a declaração de oposição ao concurso é de entrega obrigatória.

 

Documentação

 

Códigos de AE/ENA – para efeitos de validação

Manual de Instruções – Candidatura Eletrónica CEE e CI/RR -2014

Circular B14014946H

Declaração de Oposição – 2014

Estabelecimentos Particulares com CA para efeitos da 2ª prioridade do concurso de CI/RR – 2014

Instituições públicas para efeitos da 2ª prioridade do concurso de CI/RR – 2014

 

Legislação

 

Quota de vagas, art.º 3.º e 8.º do DL n.º 29/2001, de 03 de fevereiro, para o CEE

Decreto-Lei n. º 132/2012, na redação conferida pelo DL n.º 83-A/2014, de 23 de maio

Decreto-Lei n.º 60/2014, de 22 de abril

Portaria n.º 113-A/2014, de 26 de maio, (vagas dos QZP)

Aviso de Abertura n.º 6472-A/2014, de 27 de maio

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/manual-de-instrucoes-da-candidatura-eletronica-ao-cee-e-cirr/

Publicado o Despacho da Mobilidade por Doença

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Despacho n.º 6969/2014. D.R. n.º 102, Série II de 2014-05-28

Ministério da Educação e Ciência – Gabinete do Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar

Define as regras necessárias para os docentes requererem mobilidade por motivo de doença

 

 

mobilidade por doença

 

A aplicação da mobilidade por doença estará aberta durante 15 dias úteis após anúncio a publicar na página da DGAE.

Em breve analisarei mais em pormenor este despacho.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/05/publicado-o-despacho-da-mobilidade-por-doenca/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog