Número de Agrupamentos e de Escolas TEIP e com Autonomia

Da lista de códigos para a manifestação de preferências da contratação retirei os dados que se encontram no quadro em baixo.

Dos 831 agrupamentos de escolas (excluí daqui as 5 escolas de Hotelaria e Turismo), 670 são escolas sem qualquer contrato de autonomia e não se encontram enquadradas nas escolas TEIP.

Existem 24 agrupamentos/Escolas não Agrupadas com contrato de Autonomia e 21 agrupamentos/Escolas não agrupadas que tendo o contrato de autonomia também são escolas TEIP.

Existem 116 Agrupamentos/Escolas não agrupadas que são exclusivamente TEIP.

No total existem 161 agrupamentos/escolas não agrupadas que vão fazer a contratação de escola e que não terão colocações nas reservas de recrutamento para professores contratados.

São já quase 20% de escolas que fazem a contratação direta dos professores contratados.

Se os contratos de autonomia forem alargados no próximo ano, tendo em conta a solicitação feita recentemente aos diretores para saber se pretendem assinar esse contrato, muito em breve subirá o número das escolas farão a contratação direta dos professores.

Que sentido vai fazer uma prova de avaliação de conhecimentos e capacidades se o MEC aos poucos se vai libertando da regulação da contratação dos professores? E se ao mesmo tempo não se vislumbra para tão cedo um novo ingresso de professores contratados na carreira?

 

 

TEIP AUTONOMIA

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/08/numero-de-agrupamentos-e-de-escolas-teip-e-com-autonomia/

18 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • marco on 11 de Agosto de 2013 at 15:56
    • Responder

    É por se libertar da contratação e conhecer a fibra de quem fica com a mão na massa (ou já se esqueceram do que são capazes?) que no mínimo, à cautela, se exige a prova.

      • Armindo on 11 de Agosto de 2013 at 19:02
      • Responder

      Prova? Mas para que serve a prova se se tem autonomia? Há aí uma contradiçao gritante.

      De facto aé possível manter exigência nas contrataçoes. Isso nao passa por qualquer prova, mas sim por custear o orçamento das escolas com autonomia de acordo com os resultados (melhorias) que conseguem nos exames nacionais. E aí, certamente se contratariam os melhores.
      Quem tanto defende a melhoria no ensino, deveria defender essa medida.
      Nao o fazem. E percebe-se bem porquê. Preferem a existência de uma prova que nada vai conferir aos profissionais a nao ser tratá-los como imbecis que nada aprenderam no curso via ensino.

      • Hilário Gomes on 11 de Agosto de 2013 at 20:24
      • Responder

      Boa tarde,

      Quando estou a concorrer aos 10 QZP’s, estou automaticamente a concorrer a todas as escolas TEIP e com contrato de autonomia, certo? Independentemente de depois serem as próprias escolas a seleccionarem os docentes.

      Obrigado pela atenção.

      Cumprimentos.


      1. Não. Abre um concurso separado.

          • Hilário Gomes on 11 de Agosto de 2013 at 22:43

          E esse concurso abre quando?

          Obrigado pela atenção.

      • Profa farta de medíocres on 11 de Agosto de 2013 at 22:37
      • Responder

      Concordo com o Marco. Quanto maior a autonomia maior a necessidade de separar os capazes em detrimento de quem tem cunhas.


  1. Confirmo Arlindo – Os teus dados batem certo com os meus! ( Já estou a dominar esta coisa LOL)

    Os Docentes Contratados Estão Impedidos de Concorrer a 20% dos Agrupamentos
    Existem 836 Agrupamentos disponíveis para manifestar preferências, mas as regras dizem que os Professores ao Concurso Externo (Contratados), não podem concorrer a 166 agrupamentos, logo, têm apenas 670 agrupamentos aptos a concurso. Perdem acesso a 20% da rede pública – é apenas uma curiosidade

    http://assistente-tecnico.blogspot.pt/2013/08/os-docentes-contratados-estao-impedidos.html

    Ainda dizem que adoramos estatísticas! A isto o povo não faz nenhuma análise e depois trama-se!

    Pensem no assunto e toca a mexer da cadeira!

      • Nuno coelho on 11 de Agosto de 2013 at 16:19
      • Responder

      At
      Não estão impedidos de concorrer a essas escolas. O tipo de concurso é que é diferente.

    • jose fernando m bernardo on 11 de Agosto de 2013 at 16:12
    • Responder

    é o extermínio do saber e conhecimento. sem educação é mais fácil conduzir um cego a cair no poço da ignorância


  2. (A trabalheira da manifestação de preferência quase que não se justifica!)

    • Ana on 11 de Agosto de 2013 at 17:42
    • Responder

    Seria muito interessante saber se evoluíram (ou não!) os resultados dos exames nas escolas TEIP e nas com contrato de autonomia. Não é este o objetivo principal da existência destas escolas?!!!

      • Profa farta de medíocres on 11 de Agosto de 2013 at 22:41
      • Responder

      Grande pergunta Ana. É daquelas perguntas que eu gosto de fazer. Pelo que conheço das duas TEIP que frequentei, em tempos bem mais fáceis que hoje, as TEIP não tiveram, não têm , nem nunca terão qualquer tipo de resultado positivo na avaliação externa padronizada. São escolas governadas por imbecis, apaparicados por outros imbecis como eles e governadas num mar de burrocracia para tramar os professores que querem fazer um trabalho digno.

        • AntiTeipMatosinhos on 11 de Agosto de 2013 at 23:01
        • Responder

        Têm de ser denunciadas todas as panelinhas. Esta cambada de energúmenos acha que somos todos parvos? O povo só é sereno até não ter o que comer….


        1. Ui essa escola é demais! Trabalha lá toda a família. Faz cada concurso de bradar aos céus e parece intocável. Até um dia, claro. Quem manda na escola é a prof dos horários.

          • Resende21 on 12 de Agosto de 2013 at 14:22

          Trabalhei nesse agrupamento este ano letivo no grupo 110 e o único critério de seleção era a média profissional (era o segundo da lista, o primeiro rejeitou e eu fui selecionado) acho que até deviam ser todas como esta e não com aqueles critérios manhosos em que só falta colocar o nome de quem se pretende.

    • jmra on 11 de Agosto de 2013 at 17:58
    • Responder

    Há escolas/agrupamentos que estão a trabalhar nos contratos de autonomia, por isso ainda vão ser mais… Viva as ofertas de escola…
    Outra questão as agregações de agrupamentos com autonomia, estendem esse contrato ao novo agrupamento? E com as TEIP acontece o mesmo?

    • maria on 11 de Agosto de 2013 at 18:10
    • Responder

    HÁ muita desigualdade nas TEIPS ….algumas funcionam melhor que certos colegios privado,.os alunos são diferentes,mas nos colegios tambem não existem dois iguais…
    politiquices,autonomia,contratos,,,liberdade….
    esperem uns anos…nessa altura ,haverá opinioes diferentes e,,,já nada há a fazer…

    • maria on 11 de Agosto de 2013 at 18:15
    • Responder

    OS CONTRATADOS NÃO PODEM CONCORRER,PORQUE VAO BUSCAR Á LISTA OS QUE QUEREM….


  1. […] recentemente anunciado por Nuno Crato que existem 212 escolas com autonomia e se somarmos às 116 escolas TEIP de 2013 então iremos em breve ter concursos abertos pelas escolas para cerca de 328 agrupamentos de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog