«

»

Jul 09 2013

Imprimir Artigo

Sobre o Exame de Biologia/Geologia do 11º Ano

Chegou-me este e-mail para divulgação.

Envio em anexo o parecer do Professor Fernando Ornelas Marques e a resposta do Gave, com autorização para divulgação, se nisso virem interesse, uma vez que pode ajudar a fundamentar alguns recursos. Sou mãe de uma aluna (e também professora), e contactei o professor para saber da possibilidade de ter acesso ao seu relatório. Ele foi extremamente prestável e autorizou a divulgação dos mesmos.

 

Parecer do Professor Orlando Ornelas Maques

Download (PDF, 82KB)

Resposta do GAVE

Download (PDF, 171KB)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/07/sobre-o-exame-de-biologiageologia-do-11o-ano/

  • Ana Rosa
    O meu filho tem 19 de nota interna, e não deve ter mais de 13 neste exame.
    Ana Rosa
    • Maria
      A CIF, classificação interna final, é decorrente da média obtida no 10º e 11ºano.
      As classificações do 10º e 11º ano são obtidas a partir de testes escritos, apresentações orais, atividades experimentais…. e em situações em que não impera tanto stress, logo são na generalidade superiores às classificações obtidas no exame.
      Os nossos alunos apresentam ultimamente uma dificuldade enorme na interpretação de textos, de questões…
      Não quero com esta conversa dizer que o exame era oferecido, não!
      O exame apresentava questões que estão nas “franjas” das excepções e o aluno não soube analisar as informações que estavam dissimuladas nos textos.
    • imho
      Há escolas onde as Atitudes e Valores têm uma ponderação de 20% da nota final. Daí que ocorram estas disparidades entre a CIF e a CE. Há até quatro valores que um aluno pode ter na avaliação contínua…
  • mf
    A forma como estes iluminados da geologia se deram ao trabalho de responder para defender a sua dama, mostra como esta gente adora criar polémica à volta das provas de Biologia e Geologia. É todos os anos isto com os exames desta disciplina e toda a gente acha normal! Alunos de 17 não têm a cultura cientíca que estes doutos senhores entendem que devem ter. Nem aos professores são dadas condições ( tempo no horário de trabalho) para que a adquiram.
  • ana
    Como diz mf, é sempre a mesma coisa. Não concordo totalmente com a Maria e com imho. Embora para a cif contribuam parâmetros que não são avaliados na CE, as razões das grandes diferenças entre CIF e Ce não ficam por aqui. Será normal que alunos excelentes, que têm ótimos resultados nas CiF das várias disciplinas e nos exames de matemática e física e química A, tenham notas muito mais baixas no exame de biologia e geologia? É normal que sendo normalmente as turmas com melhores alunos (em média) que estão nesta área (incluindo os que entram em medicina), que façam com que as médias dos exames nacionais de biologia e geologia sejam tão baixas, ano após ano? Acham que a culpa é de todos os professores de biologia e geologia do país?
    Estes exames são feitos à base de ratoeiras, rasteiras e cascas de banana, aliado a incongruências e casos de exceção.
  • maria
    Todos os anos a disparidade entre CIF e CE é enorme na disciplina de BG. É talvez esta a disciplina que funciona como o “crivo” para acesso a Medicina. Testam-se aqui competências e não conhecimentos, então porque razão são lecionadas 800 páginas de matéria? Parece-me um desrespeito a professores,mas, essencialmente a alunos. A caça ao pormenor de exceção parece-me irrelevante e, em nada potenciador da aquisição de conhecimentos e do espírito cientifico. Deixo aqui uma pergunte, com o todo o respeito, será que os professores de BG tiravam boas notas nestes exames? E todos os anos os nossos filhos e nós sofremos no momento pré e pós-exame….
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: