Datas dos Últimos Concursos

… para se ter uma ideia dos próximos momentos do concurso.

Está fora deste quadro o antigo destacamento por condições específicas bem como os prazos de reclamações e do recurso hierárquico que ocorrem sempre após a publicação das listas provisórias ou definitivas, respetivamente.

As datas que coloquei neste quadro foram sempre a do último dia do prazo de cada um dos momentos.

O concurso deste ano, por também ser interno e externo, só pode ter comparação com o concurso de 2009/2010. Em 2009/2010 desde a 2ª validação por parte das escolas até à publicação das listas provisórias passou quase um mês, no entanto, não acredito que possa durar tanto tempo esta publicação pelo atraso que já existe no concurso e penso até que para breve possa ser publicada a lista provisória.

 

Datas Concursos

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/05/datas-dos-ultimos-concursos/

7 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • trill on 20 de Maio de 2013 at 21:59
    • Responder

    ” estou convencido que em qq ESE do Estado nunca um licenciado para educação de infância seria admitido (mesmo fazendo cadeiras suplementares) no 4º ano de uma “especialidade”, por mais fracas que sejam essas “especialidades”. ”

    resumindo e concluindo: é fantástico como alguns chegaram a professores universitários neste país.

      • Paulo Pereira on 21 de Maio de 2013 at 8:52
      • Responder

      Usualmente na web existe a noção de que quando o primeiro comentário a um artigo é totalmente fora do assunto, existe algo mais do que estar off topic.
      No seu caso como é fora do assunto do tópico mas parece ser interessante, seria melhor abrir um tópico no fórum, certo? Aí poderia colocar detalhes e fontes da informação, podendo depois resultar em artigo!
      Ou talvez não, é como entenda que deva ser o respeito aos que no futuro vão aparecer a ler os comentários!

        • trill on 21 de Maio de 2013 at 10:01
        • Responder

        ou seja: temos sujeitos que sairam do departamento de educação ou ensino, de uma Universidade Pública, que (tb) forma educadores/as de infância, preparados para serem educadores infantis. FOram ao Piaget e por artes mágicas admitiram-os no 4º ano de uma “especialidade”. Acabaram e foram a Espanha fazer um doutoramento em ensino da “coisa”. Vollaram à Universidade Pública de origem e são lá professores. Provavelmente o anterior coordenador do departamento a que pertencem era amigo deles… Provavelmente um desses chicos-espertos é o actual coordenador… Provavelmente haverá mais casos no ensino universitário público – pago pelo zé pagode!

          • trill on 21 de Maio de 2013 at 10:07

          é para que serve a autonomia das instituições em Portugal. Estivesse tudo centralizado e estes casos talvez não tivessem passado. Como as universidades são totalmente autónomas – e dentro das universidades as faculdades, os departamentos, etc, porque cada um é “dono” do seu “espaço” e todos respeitam este (falso) princípio, até para que o espaço próprio seja respeitado – tudo pode acontecer. O problema é quando paga o zé pagode ou quando andam por aí a formar falsos “especialistas”.

          • trill on 21 de Maio de 2013 at 10:38

          UP aqui refere-se a universidade pública. A UP não forma educadores infantis e a ESEP, que pertence ao Politécnico do Porto, ministra as vias das “especialidades”, logo algo do género não poderia acontecer. É numa universidade pública que nestas áreas só dá 3 anos, para as educadoras de infância. Ou formava pois não sei se agora já dá as “especialidades”. Com professores tão “especializados”, como aqueles chicos espertos educadores infantis com diplomas rápidos de “especialista” da “coisa”, num Piaget (e doutoramento para o “ensino” da “coisa”, em Espanha), hão-de ensinar “bués”…

          • Paulo Pereira on 22 de Maio de 2013 at 17:53

          trill: esqueça: assim ninguém lhe liga.

          Existem meios para se fazer ouvir, meter-se com “off topics” em cada artigo não o leva a lado nenhum e faz com que o ignore.
          Continue a gritar que ninguém o ouve!

    • Paulo Pereira on 21 de Maio de 2013 at 8:48
    • Responder

    Começámos com 40 dias de atraso e recuperou-se alguma coisa para 23/24 dias.
    Naturalmente vai ser preciso acelerar ou os concurso iam para depois das aulas começarem… o que daria um certo “mau aspeto”!
    A lista definitiva tem de estar cá fora até 15 de julho


  1. […] de neste post já ter colocado as datas dos últimos concursos, relativamente ao último dia do prazo de cada uma […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog