A misteriosa gaveta de Nuno Crato

Opinião de Ricardo Costa, em Telegramas de um Resgate, no Expresso on-line de hoje.

 

 

Pode parecer embirração ou configurar perseguição. Pode, acima  de tudo, revelar que os meus horizontes são muito limitados. Então, quando as  calotes polares derretem, quando a República Centro-Africana se agita, quando o  Papa Francisco surpreende o mundo, quando chove há tantos meses sem parar, eu  não tenho mais nada para perguntar?

Quando o país aguarda em transe uma decisão do Tribunal  Constitucional, quando os portugueses se preparam para assistir à moção de  censura do PS, quando Gaspar faz as contas a mais uma execução orçamental, é só mesmo esta a pergunta que me resta?

Sim, com Sócrates ao alcance, com Marques Mendes como alvo, com Marcelo na mira e com tantos políticos comentadores como assunto, é esta pergunta que me resta?

Confesso que o tema é pequenino, próprio do meu mundo e das  minhas curtas deambulações. Mas pronto, aqui vai: que raio é que está a fazer há  dois meses na gaveta de Nuno Crato o relatório final sobre as curiosas  equivalências de Miguel Relvas?

Eu sei que o ministro da Educação tem que educar a pátria,  salvar as crianças da ignorância e transformar os nossos petizes em alemães. Sei  que os quer a fazer contas de cabeça e a escolher a profissão aos doze anos. Mas  no meio de tanta coisa importante, será que o ministro se importa de abrir a  gaveta da secretária e mostrar ao mundo o relatório sobre o seu colega que  esconde há dois meses?

Eu sei que é pedir pouco, mas hoje deu-me para isto. Amanhã já  penso em coisas importantes.

 

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/04/a-misteriosa-gaveta-de-nuno-crato/

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Manuel Carvalho. Trofa. on 2 de Abril de 2013 at 18:49
    • Responder

    Deu-lhe e muito bem. Não é de maior importância no campo da pessoalização , mas é de grandiosa importância no campo cívico e social. Senão vejamos: numa altura em que tantos licenciados que fizeram a Escola toda com tantos sacrifícios pessoais e familiares, estão no desemprego, não me parece muito ou nada ético que o ministro da educação retenha na gaveta por tanto tempo um assunto que tanta polémica tem levantado. Lá diz o povo e com razão que não há fumo sem fogo. Será que o Crato está à espera que Relvas seja demitido, encerrando assim este processo, pois depois de rei posto assunto roto. Nuno Crato no meu entender está a prestar um mau serviço aos Portugueses, não pondo a nu a verdade deste folhetim. Povoo é quem mais ordena e necessita de saber a verdade, doa a quem doer.

    • António on 2 de Abril de 2013 at 19:19
    • Responder

    Chega de piedade. Temos que ser fortes e unidos na defesa do interesse da classe. GREVE AOS EXAMES.

    • azevedo on 2 de Abril de 2013 at 20:58
    • Responder

    O relvas já deveria ter sido demitido. Como O coelho não o pode demitir então ele próprio deveria fechado a porta mas o pavão quer continuar a cantar, a sacudir-se pelos corredores e mandar nos portugueses. Uma grande tristeza tudo isto, por muito menos se demitiram ministros em portugal e lá fora. Estamos perante um caso único e o PSD/CDS irá pagar caro ter este “artista” dentro de portas.

    • Licenciaturas on 2 de Abril de 2013 at 22:57
    • Responder

    O Dr Crato só está à “espera” de descobrir o relatório da licenciatura do Ing. Sacritus para dar a conhecer as duas ao mesmo tempo.

    • vicky on 2 de Abril de 2013 at 23:30
    • Responder

    Se o Primeiro Ministro pede tanta coragem aos Portugueses, está na hora de ele ter coragem e demitir o “amigo” Relvas!

Responder a vicky Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog