24 de Janeiro de 2013 archive

Não Podia Deixar de Colocar Parte do Preâmbulo

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

… do diploma de vinculação.

 

vagas

Fica então aqui neste post a graduação do último candidato no ano lectivo 2012/2013 por grupo de recrutamento de acordo com o número de vagas abertas em cada um dos grupos para se verificar o absurdo do esforço:

100: 36,467

110: 29,488

200: 27,973

210: 29,501

220: 26,885

230: 26,452

250:  32,075

260: 29,321

300 – 31,695

310 – 28,571

320 – 32,823

330 – 36,153

350 – 22,418

400 – 33,419

410 – 31,511

420 – 27,562

430 – 32,721

500 – 25,322

510 – 25,421

520 – 25,621

540 – 35,905

550 – 24,096

560 – 25,092

600 – 37,789

620 – 25,505

Grupos da Educação Especial: Não vou produzir dados sobre estes grupos pelas razões que apontei num dos posts anteriores.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/01/nao-podia-deixar-de-colocar-parte-do-preambulo/

Pedido de Divulgação

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Sobre os critérios de algumas escola e também sobre a graduação profissional.

Exmo. senhor Ministro da Educação e da Ciência, Professor Nuno Crato,
eu como Professor de Matemática e também como docente, venho manifestar o meu desagrado perante a falta de hombridade e justiça que colocam aos docentes que concorrem às várias ofertas de escola. Dou-lhe o exemplo da seguinte,

Horários
Dados da Escola
Código : 151993
Agrupamento/Escola : Agrupamento de Escolas de Gondomar n.º 1
Concelho : Gondomar
Zona Pedagógica : PORTO
Dados do Horário
Número do horário : 31
Grupo de Recrutamento : 500 – Matemática
Disciplina/Projeto : Matemática 3.º ciclo
Motivo : Substituição (alínea a) do artigo 93º do RCTFP)
Detalhe do Motivo : Substituição por doença
Tipo Duração : Temporário
Número de Horas : 22
O horário irá para : Contratação de Escola
Informação Adicional
Critérios Obrigatórios
Graduação Profissional – Ponderação 50%
– Tempo de Serviço antes da profissionalização
– Tempo de Serviço após a profissionalização
– Classificação Profissional
– Data de Obtenção de Classificação Profissional
– Data de Nascimento
Entrevista/Avaliação Curricular – Ponderação 50%
Entrevista de Avaliação de Competências
Critério SubCritério Subponderação
Entrevista de Avaliação de Competências Motivação para a tarefa 30
Entrevista de Avaliação de Competências Empreendedorismo 20

 

Como é possível um docente estar motivado para trabalhar numa escola durante trinta dias, o senhor Ministro estaria? Penso que não certamente.
E quanto ao segundo critério para a entrevista, a meu ver, ainda é mais tenebroso e vergonhoso, como é possível um docente ser empreendedor, quando vai trabalhar com cada turma apenas 20 horas, o senhor Ministro conseguiria-o ser? Penso que não certamente.

Como, ainda penso que, o senhor Ministro está a desempenhar as suas funções da melhor forma que lhe é possível, dada a situação lamentável a que o nosso país chegou, peço encarecidamente que acabe com esta farsa das ofertas de escola, o mais breve possível, e volte a colocar os docentes contratados apenas pelas reservas de recrutamento.

A sua intenção era boa, eu sei, mas dando autonomia às escolas, infelizmente no nosso país, está a favorecer o compadrio e a cunha disfarçada.

Eu sou um Professor de Matemática desempregado, que dou aulas há 13 anos, tenho neste momento 3604 dias de serviço, 365 dias antes da profissionalização e 3239 dias após a profissionalização, para além dessa minha larga experiência profissional possuo o Mestrado em Matemática/Educação, antes do processo de Bolonha. Por isso, senhor Ministro, estudei 19 anos para ser Professor de Matemática, dou aulas há 13 anos e tenho 38 anos, se fizermos as contas só nos primeiros 6 anos da minha vida é que não foi dedicada exclusivamente à Matemática. Amo a Minha Profissão, adoro ensinar, costumo dizer à minha mulher, que a escola é o oxigénio que preciso para respirar, e neste momento estou desempregado devido às graves falhas e injustiças na colocação de docentes, ou seja, nas OFERTAS DE ESCOLA.

Aproveito esta oportunidade também para dizer-lhe, que sempre achei injusto, como no ensino básico e secundário tratam os Mestres e os Doutores, antes do processo de Bolonha. Ser Mestre ou Professor Doutor nestes graus de ensino não conta rigorosamente para nada, senhor Ministro não acha isso injusto? Dou-lhe um exemplo, eu, Mestre em Matemática/Educação, enquanto professor do 3º ciclo já fui avaliado por um professor do 2º ciclo que tinha como área de formação base para a docência Farmácia, acha isso correto? E nos concursos de docentes contratados, porque não valorizar o grau académico destes docentes? Pondo-nos numa prioridade à frente dos restantes com grau inferior, ou seja, licenciatura. Assim estaria a valorizar a formação acrescida dos seus docentes e a motivar muitos mais para o fazerem. Dessa forma, também estaria a valorizar as nossas Universidades, e principalmente, e fundamental para o nosso futuro, aumentar de forma significativa a formação dos portugueses. Pense nesta questão com carinho e atenção, de um seu colega que luta por um país melhor para TODOS e não só para alguns.

 

Com os melhores cumprimentos e um muito obrigado pela atenção demonstrada,

um seu colega desempregado …
23 de Janeiro de 2013

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/01/pedido-de-divulgacao-2/

Os “Elegíveis” do Terceiro Ciclo e Secundário

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

A maior surpresa no número de vagas por QZP encontra-se neste quadro.

O QZP do Tâmega é o que mais vagas tem para os grupos de recrutamento do 3ºCiclo/Secundário com 92, superando a soma dos dois QZP de Lisboa que juntos apenas têm 86 vagas.

O QZP do Porto não tem qualquer vaga para esta vinculação, apesar de ser o segundo QZP com mais colocações de contratados em 2012/2013 pela DGAE e o terceiro com mais horários em contratação de escola.

Para acederem ao EXCEL com a lista de ordenação definitiva por grupo de recrutamento do ano lectivo 2012/2013 ver estes links: 300, 310, 320, 330, 340, 350, 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550, 560, 600, 610, 620

A graduação de 2012/2013 do último candidato elegível em função do número de vagas em concurso por grupo de recrutamento é a seguinte:

300 – 31,695

310 – 28,571

320 – 32,823

330 – 36,153

350 – 22,418

400 – 33,419

410 – 31,511

420 – 27,562

430 – 32,721

500 – 25,322

510 – 25,421

520 – 25,621

540 – 35,905

550 – 24,096

560 – 25,092

600 – 37,789

620 – 25,505

 

v3ciclosecOD3ciclosec_Página_1 OD3ciclosec_Página_2 OD3ciclosec_Página_3 OD3ciclosec_Página_4 OD3ciclosec_Página_5 OD3ciclosec_Página_6 OD3ciclosec_Página_7 OD3ciclosec_Página_8 OD3ciclosec_Página_9

Os dados com os docentes colocados no 3º Ciclo/Secundário em função do número de vagas abertas por grupo de recrutamento encontra-se aqui ou clicando na imagem de baixo. Chamo a atenção para uma pequena falha no grupo 320 e que só agora detectei.


C3ciclosec_Página_01

 

NOTA: Não irei produzir quadros deste para os grupos da Educação Especial por várias razões, uma delas tem a ver com o facto de imensos docentes contratados estarem a concluir a sua especialização nesta área e pela alteração das regras para o calculo da graduação profissional nestes grupos de recrutamento que quanto a mim são ILEGAIS.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/01/os-elegiveis-do-terceiro-ciclo-e-secundario/

Os “Elegíveis” do Segundo Ciclo

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Mais uma vez a zona de Lisboa fica com uma percentagem enorme de vagas relativamente ao resto do país. Das 113 vagas no segundo ciclo 74 são em Lisboa ou nas suas proximidades. Apenas o Tâmega consegue contrariar esta facto, mas com apenas 20 vagas.

Sendo o Porto e Braga dois QZP com um dos maiores níveis nas contratações de escola e nas reservas de recrutamento é muito estranho que tenham existido apenas 4 vagas para o QZP do Porto no segundo ciclo.

Logo que termine a lista com as colocações destes docentes ao longo de 2012/2013 volto a publicar neste post. Começo a sentir enormes dificuldades em trabalhar com documentos em Excel na ordem dos 50MB pelo estado deplorável do meu PC.

Para ver as listas ordenadas de 2012/2013 em formato Excel ir a estes links: 200, 210, 220, 230, 240, 250 e 260 e a lista colorida até à reserva de recrutamento 6 aqui e a lista colorida até à reserva de Recrutamento 14 aqui mas apenas com os docentes colocados em reserva de recrutamento, renovações e contratação inicial. A diferença é que a primeira lista identifica os colocados noutros grupos de recrutamento e os que foram retirados.

Resumo da graduação dos últimos docentes por grupo disciplinar em função do número de vagas:

200: 27,973

210: 29,501

220: 26,885

230: 26,452

250:  32,075

260: 29,321

Nota: verifiquei agora um pequeno erro na transposição de dados em excel para pdf no grupo 220 em 4 situações de graduação profissional no entanto os docentes estão bem ordenados. É uma pequena falha que não vou rectificar dado o trabalho que teria.
V2ciclo

 


OD2ciclo-1 OD2ciclo-2 OD2ciclo-3 OD2ciclo-4

Relembro que a próxima lista é feita com base nos colocados apenas até à reserva de recrutamento 6 e os docentes que se encontram sem cor podem ter sido colocados após essa reserva de recrutamento.
C2ciclo_Página_1 C2ciclo_Página_2 C2ciclo_Página_3 C2ciclo_Página_4

 

 

E se pelo menos cada um dos que estão aqui nestas listas fossem aqui votar (categoria Blogger do Ano e Educação) se calhar o Factos de Treino e o Estilo Hedónico ficavam num instantinho para trás. 😀

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/01/os-elegiveis-do-segundo-ciclo/

Grupo 110 – Vinculação Extraordinária

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Para o grupo 110 existem apenas 34 vagas para a vinculação extraordinária sendo que apenas 1 se situa a norte e 31 são na zona de Lisboa.

Pelo facto de existirem docentes de outros grupos de recrutamento com habilitação profissional para o grupo 110 quero chamar a atenção para que os 34 docentes identificados na lista de baixo poderem ser ultrapassados por docentes de outros grupos disciplinares e docentes que se encontram nesta lista poderem obter lugar noutros grupos de recrutamento.

A vermelho encontram-se os docentes que ficaram colocados noutro grupo de recrutamento.

No caso de todos estes docentes concorrerem a nível nacional (não acredito que o façam pelo facto de as vagas serem quase todas na cidade de Lisboa e muitos deles serem da zona norte do País) o último a obter colocação teria uma graduação em 2011/2012 de 29,488.

A última lista com as colocações foi feita com base na lista colorida que fiz a seguir à reserva de recrutamento 6 e como tal os docentes identificados nas linhas em branco podem ter sido colocados após essa data (neste caso existe apenas uma nessa situação)

Para verem a lista de ordenação definitiva em Excel do grupo 110 ver este post e para a lista colorida até à reserva de recrutamento 6 este post.

 

V110

 

OD110

OD1102

 

C110 C1102

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/01/grupo-110-vinculacao-extraordinaria/

O Primeiro Estudo sobre a VE – Grupo 100

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Como disse ontem iria hoje dar início a um pequeno estudo sobre os elegíveis para a vinculação extraordinária.

Vou começar pelo grupo 100.

Quero chamar a atenção que este estudo que agora vou iniciar é apenas um exercício com dados que são conhecidos mas que podem não corresponder à realidade do concurso que se aproxima. A lista que estou a usar é a lista de ordenação definitiva ao concurso de contratação do ano lectivo 2012/2013, nesta lista os candidatos eram ordenados em duas prioridades e a primeira prioridade era dado a quem tivesse prestado serviço lectivo num dos dois últimos anos anteriores à abertura do concurso, ou seja, 2009/2010 e/ou 2010/2011.

Neste momento são candidatos à vinculação extraordinária apenas os que nos últimos 3 anos lectivos tenham 365 dias de serviço (não se incluem aqui AEC, IEFP ou tempo de serviço nas ilhas, etc…), ou seja, precisam de ter 365 dias de serviço na soma dos seguintes anos lectivos: 2009/2010, 2010/2011, 2011/2012.

Como tal, praticamente nenhum docente da 2ª prioridade consegue concorrer a este concurso visto não possuírem tempo de serviço que os remetia para a primeira prioridade nos anos lectivos 2009/2010 e/ou 2010/2011 e muito dificilmente poderiam ter os 365 dias no ano lectivo 2011/2012. NO ENTANTO ESTA HIPÓTESE PODE ACONTECER.

Como não será obrigatório a candidatura a todo o território nacional pode acontecer que os docentes identificados em baixo não façam a opção por se candidatarem a todo o país e assim libertarão as vagas para os candidatos seguintes. Para ver a lista ordenada em formato Excel do Grupo 100 que estou a trabalhar ir a este link.

A metodologia que vou seguir para os próximos posts (ainda não decidi se faço individualmente por grupos ou compilo toda a informação numa única lista) será a seguinte:

  • Apresentação do número de vagas por QZP para o grupo em estudo;
  • Apresentação da lista de ordenação de 2012/2013 com a identificação dos docentes até ao número de vagas existentes para esse grupo de recrutamento;
  • Apresentação da lista de colocações dos candidatos identificados no ponto anterior. (São identificados a cores diferentes os candidatos desta lista: a vermelho os que foram colocados noutro grupo de recrutamento e faziam parte da lista do grupo em estudo, a verde os que foram colocados em renovação de colocação e a azul os que ficaram colocados na contratação inicial)

 

V100OD100
C100

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2013/01/o-primeiro-estudo-sobre-a-ve-grupo-100/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog