Registo Biográfico Eletrónico

Estou em condições de assegurar que dentro em breve  finalmente será disponibilizado pela DGAE o registo biográfico eletrónico do docente.

Já falei nesta necessidade em mais do que um post e desta forma será eliminado mais um processo burocrático das escolas onde todos os anos é sempre necessário proceder à inserção dos mesmos dados para efeitos de concurso.

Havendo este registo biográfico eletrónico espero que a gestão da carreira e das progressões possa também ser feita de acordo com os dados introduzidos e  que de uma vez por todas cada docente tenha a perfeita noção do lugar onde se encontra na carreira e do tempo necessário para uma próxima progressão.

 

O que deve ser assegurado na passagem para um registo biográfico eletrónico?

– A confidencialidade do registo biográfico;

– Um espaço de tempo de 30 ou 60 dias para a introdução dos dados pelas escolas;

– Um espaço de 10 dias para aceitação e/ou reclamação por parte dos docentes dos dados introduzidos pelas escolas;

– Um espaço de tempo de 10 dias para validação dos dados por parte das escolas;

– Um período de 5 dias para recurso por parte dos docentes.

 

Na minha opinião o que deve incluir o registo biográfico eletrónico?

– O tempo de serviço para efeitos de concurso, carreira e aposentação.

– Os períodos de faltas dos docentes;

– A formação inicial e todas as formações que conferiram efeitos na carreira;

– Formações complementares e ações de formação desenvolvidas;

– Cargos ocupados;

– Avaliações de desempenho;

– Datas de progressão;

 

Que possibilidades deviam existir no registo biográfico eletrónico?

– Possibilidade de articular o tempo de serviço para efeitos de aposentação com a caixa geral de aposentações ou segurança social de forma a confirmar rapidamente o tempo de serviço introduzido com o tempo de serviço existente na CGA e na SS.

– Simulação das datas de progressão de acordo com os dados introduzidos;

– utilização dos dados validados para todos concursos de docentes ou para futuros questionários da administração central;

– Cálculo automático da graduação profissional de cada docente.

 

E que tudo esteja pronto antes do próximo concurso de forma a que seja bastante claro quem terá de concorrer por ausência de horário e que tudo fique bem claro neste processo.

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/11/registo-biografico-eletronico/

14 comentários

6 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Miguel Castro on 18 de Novembro de 2012 at 12:33
    • Responder

    Até que enfim!!

    • El greco on 18 de Novembro de 2012 at 12:47
    • Responder

    Excelente este post.

    • Helena Mendes (tt) on 18 de Novembro de 2012 at 12:57
    • Responder

    Ui! Concordo absolutamente com ideia,mas vai fazer correr muuuuita tinta, com a detecção de ultrapassagens pela esquerda e pela direita.
    É, aliás, o momento certo para ficarmos a saber o número exacto de professores efectivos que o sao de forma fraudulenta e de nos surpreendermos!

    • PCA on 18 de Novembro de 2012 at 13:00
    • Responder

    Isto já poderia existir há MUITO tempo…..

      • 550 on 18 de Novembro de 2012 at 14:29
      • Responder

      Já podia e DEVIA !
      Quero no entanto salientar que tudo deve ser feito às claras ! E que a confidencialidade total é mau para a sua credibilidade.
      Para confidencial já basta os registos passarem apenas pela mão de cada secretaria escolar sem haver hipótese de cruzar dados, por exemplo, relativo a tempo de serviços. Mas muitos mais casos há, de dados incorretos, que passaram a correctos, a partir do momento que foram registados no registo biográfico.

      Como não acredito que os beneficiados reclamem. Só me resta acreditar nos prejudicados. E para isso, é necessário pelo menos que alguns campos do registo sejam de carácter PUBLICO.

        • 550 on 18 de Novembro de 2012 at 14:31
        • Responder

        Falo especialmente de professores que por vários motivos não se encontram no “sistema”.

        • Nuno Coelho on 18 de Novembro de 2012 at 14:45
        • Responder

        Os registos biográficos são confidencias, seja em papel ou eletrónicos, pois são documento nominativos

    • maria on 18 de Novembro de 2012 at 15:34
    • Responder

    Em parte, isso já existe. Há 2, 3 anos, o MEC solicitou às direcções das Escolas que indicassem/ discriminassem, numa plataforma criada para o efeito, os professores efectivos portadores do grau de mestre.


    1. Mas se perguntares nesta altura ao MEC quantos professores têm o grau de Mestre se calhar não te sabem responder.


      1. Arlindo, saber sabe, pela exportação mensal que existe para o MISI, onde as requisições de fundo são exportadas conjuntamente com a estatística das faltas dos docentes em cada agrupamento.
        Ninguém usa é os recursos disponíveis, por ex. no apuramento de professores corretores! Muitas escolas “escondem-nos” e se fossem fornecidos aos agrupamentos de exame os dados exportados, não havia tramoias… depois vocês levam 60 provas em cada fase… e muitos a tocar viola!

          • Bruno silva on 29 de Novembro de 2012 at 14:56

          E mesmo que assim, depois das escolas “esconderem” alguns professores (e não só para professores corretores) existem entidades superiores que “escondem” mais uns tantos. É tão simples como algém, “por lapso”, se esquecer de clicar no quadradinho certo…

    • Prof.ª (Des)empregada on 18 de Novembro de 2012 at 16:39
    • Responder

    Espero bem, que se faça já este ano, pois será, sem dúvida muito útil. Assim, será de fácil acesso e escusamos de andar sempre a solicitar a autenticação de tal documento. Para além de que deixam de existir situações dúbias, derivadas há má atualização de tal documento, nomeadamente, algumas situações que não deviam existir – corretores; rasuras; registos efetuados manualmente…


  1. Relativamente ao post. Felicito a medida, contudo, devia ser muito mais abrangente!
    Isto é, todos os funcionários do MEC deviam estar “registados”, dado que por ex. em caso de necessidade de recrutamento de qualquer ministério, podíamos receber um aviso e todos os interessados em mobilidade alistavam-se!
    A maior vantagem, se o sistema estiver bem construído, é a seguinte, no caso de um docente, seja colocado na escola B, facilmente o “processo online” onde incluo o registo biográfico, transita para a gestão da escola seguinte, não temos de estar 2/3 meses à espera do meses…

    (Ainda me vou rir na validação de muitos dados, caso o sistema o valide antecipadamente, muitas “benecesses (dias)” dados!!! vão ser apanhados a ver vamos. Deviam cruzar as datas termino no registo com as datas nas plataformas…)

    Assistente Tecnico
    http://www.assitente-tecnico.blogspot.com

    • cristina on 14 de Janeiro de 2013 at 21:10
    • Responder

    Boa noite.
    Desculpem a minha ignorância, mas este e-bio, é apenas para os professores profissionalizados?
    Como eu não sou (apenas possuo habilitação própria) e a plataforma não me permite a continuação de inserção dos meus dados, admito que será só para todos os profissionalizados…
    Os dados não deveriam ser privados, pois como todos sabemos, anda meio mundo a enganar e a passar a perna ao outro….a nossa classe profissional tem-se pautado por atitudes menos dignas do ser humano….e desculpem dizer-vos, mas todos nós precisamos de trabalho!!!!!
    Uma boa noite a todos
    cristina


  1. […] Eu aposto nisto. […]


  2. […] 29 de Novembro de 2012 eis o que falei aqui. […]


  3. […] que considerava ser um registo biográfico a sério disse-o neste post mas espero que com o passar do tempo ainda se chegue […]


  4. […] minha opinião foi expressa aqui antes mesmo de conhecer este formulário. Só espero que com o tempo o e-Bio se torne num […]


  5. […] Ainda bem que o MEC anuncia que será alargado o preenchimento de outros campos no e-Bio e que vai no sentido do que defendi aqui. […]


  6. I liked your blog very much.

    I want to thank you for the contribution.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog