Um Engano?

Escolhidos antes de findar concurso

 

A Escola Secundária Marquês de Pombal, em Lisboa, abriu concursos para contratação de docentes na plataforma electrónica do Ministério da Educação e Ciência e afixou os horários das turmas com os nomes dos escolhidos quando ainda decorria o concurso.

O CM constatou pelo menos sete situações em que acabaram por ser seleccionados os docentes cujos nomes apareciam nos horários afixados. Todos eles já leccionavam na escola no ano lectivo passado e ficaram à frente de dezenas de candidatos. O director, Filipe Baptista, garante que agiu dentro da legalidade e atribui o ocorrido a um “engano“.

 

Para que fique registado o que disse ao CM é que acontece mais vezes as escolas saberem previamente em muitos casos quais os professores que podem vir a ser colocados para determinado horário e não que nos horários afixados nas escolas já apareçam o nome dos docentes que ainda não foram contratados.

arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/10/um-engano/

10 comentários

4 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • que grande engano!!! on 3 de Outubro de 2012 at 10:00
    • Responder

    O concurso deste ano foi o campeão dos enganos… Espero que deixem de haver OE e TEIPs, já que os diretores não se sabem comportar

    • Ernestina Queiroz on 3 de Outubro de 2012 at 11:24
    • Responder

    Denunciem estas situações 1 000 vezes até que o MEC acabe com esta vergonha.

    • zzz on 3 de Outubro de 2012 at 14:54
    • Responder

    Por acaso, ainda, hoje ouvi o relato de uma situação semelhante numa vaga de técnicos especializados, o nome de uma das colegas que estava à espera da entrevista, já estava no horário afixado para o ano 2012/2013…

    • Professora desanimada on 3 de Outubro de 2012 at 17:01
    • Responder

    Na EDCN ainda estava um lugar a concurso (História da Cultura e das Artes) e a professora apresentou-se na reunião geral de professores recebendo o horário. A lista que saiu na página da escola não mostrava a graduação dos professores que concorreram e dentro deste horário de 13 horas a “contemplada” ainda ficou a dar 6 horas de HGP do grupo 200, horário que não foi a concurso.

    • joaquim on 3 de Outubro de 2012 at 19:49
    • Responder

    Peço desculpa, mas aconteceu hoe num horário do meu grupo que a colega já está colocada mesmo antes de chamarem os professores a entrevista.
    Para onde posso denunciar o caso?
    Joaquim

    • Bruno Reis on 5 de Outubro de 2012 at 0:26
    • Responder

    Queremos que as colocações de professores, em todas as escolas portuguesas, sejam feitas de forma justa, legal e transparente, respeitando a prioridade, a graduação e o tempo de serviço dos candidatos e para isso consideramos que o concurso nacional e a reserva de recrutamento são as únicas formas de colocação que podem cumprir este nosso desejo.

    Não reconhecemos qualquer vantagem para o sistema de ensino, para os professores ou para o MEC, na existência de colocações por contratação de escola,
    a não ser que o favorecimento, a cunha, o compadrio e a corrupção sejam vistas pelo MEC como mais-valias.

    Use este grupo para denunciar as situações de corrupção, de injustiça e de ilegalidade que se verifiquem nas contratações de escola, registando detalhadamente as informações de cada caso. Criando neste espaço um repositório de informação especializada sobre este tema, facilitará para qualquer um de nós, a tomada de acções perante as autoridades administrativas, políticas ou judiciais. Para além, disso estaremos a facilitar o acesso desta informação à comunicação social.

    https://www.facebook.com/groups/258687797567537/265634666872850/?notif_t=group_activity

    • sónia Antunes on 5 de Outubro de 2012 at 0:31
    • Responder

    …e mais agradeço a todos os colegas que têm vindo a participar (no grupo que o Bruno Reis referiu) através da inúmeras denúncias e reclamações que foram feitas, algumas escolas chegaram a alterar os critérios devido à pressão das reclamações e investigações da IGE. Temos que continuar, esta pouca vergonha tem que acabar!

    • sónia Antunes on 5 de Outubro de 2012 at 0:40
    • Responder

    Petição “Pela justiça, legalidade e transparência na contratação de professores”.
    http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N28911

    • maria on 7 de Outubro de 2012 at 19:47
    • Responder

    agora já está tudo arrumadinho,lixaram-se os que pensavam que viviamos no tempo em que os concursos eram honestos.

  1. […] de Outubro de 2012 No seguimento do “engano” da Escola Secundária Marquês de Pombal apresenta-se mais um, desta vez no Agrupamento de […]

  2. […] tinha divulgado  aqui a notícia do concurso que abriu na Escola Secundária Marques de Pombal que antes do processo de […]

  3. I liked your blog very much.

    I want to thank you for the contribution.

  4. Download Google

    Free Download Google

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog