2 de Fevereiro de 2012 archive

Contratações de Escola (02-02-2012)

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Depois de dois dias que fiquei impossibilitado de copiar os horários da aplicação por o meu computador estar arrasado com tanta tralha, eis que a formatação do disco retomou-o à vida normal.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/02/contratacoes-de-escola-02-02-2012/

Um Imbróglio no MEC

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Porque deu jeito estes funcionários privados serem tratados como funcionários públicos para lhes ser retirado o carcanhol.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/02/um-imbroglio-no-mec/

Mas Já Não Conhecem o Candidato?

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

É que não encontro justificação para ser feita a entrevista.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/02/mas-ja-nao-conhecem-o-candidato/

Cartaz Cultural – EVT

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Os professores de EVT estão determinados a manter a disciplina no currículo nacional. No próximo dia 4 de Fevereiro vai realizar-se no Largo do Toural uma atividade promovida pela APEVT que contará com a presença de professores de EVT para pintar de amarelo EVT o simbolo de “Guimarães – Capital Europeia da Cultura”. Para mais informações seguir o evento criado no FB, ver o video promocional da atividade e o cartaz alusivo ao dia 4 de Fevereiro. Estou a fazer os esforços necessários para poder também estar presente.

EVT vai pintar de AMARELO o coração de Guimarães

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=lZVMT9XcFeU]

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/02/cartaz-cultural-evt/

E o Sheikh Sabe?

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

O Paulo descobriu esta pérola aqui, veremos se não dará algum conflito diplomático.

 

O Kuwait é uma monarquia constitucional e tem o mais antigo parlamento diretamente eleito entre os Estados árabes do Golfo Pérsico. O chefe de Estado é o Emir ou Sheikh, um cargo hereditário. Um conselho de ministros, também conhecido como gabinete de ministros, auxiliares do primeiro-ministro em sua tarefa como líder de Governo do Kuwait, devem conter pelo menos um membro eleito do parlamento do Kuwait, conhecido como Majlis al-Umma (Assembleia Nacional). A Assembleia Nacional tem o poder de demitir o Primeiro-Ministro ou qualquer membro do gabinete através de uma série de procedimentos constitucionais. Todos os ministros são responsáveis perante a Assembleia Nacional.
O Chefe de Estado (Emir) é o comandante supremo do Estado, controlando o poder executivo, mas não os seus ministros. O Emir nomeia o Primeiro-Ministro, aprova todos os ministros com o primeiro-ministro, e nomeia e demite diplomatas. O poder legislativo é exercido pelo Emir e pela Assembleia Nacional, em conformidade com a Constituição. O emir do Kuwait é imune e inviolável: qualquer crítica contra ele não é tolerada e punível por lei. Ele pode dissolver a Assembleia Nacional e convocar uma eleição nacional, ou em casos de emergência nacional pode dissolver a Assembleia Nacional e assumir a suprema autoridade sobre o país. O Emir é o comandante-em-chefe das forças armadas do Kuwait. O Emir também tem autoridade para conceder o perdão da pena de morte ou prisão.
A Assembleia Nacional é composta por cinquenta membros eleitos, escolhidos em eleições realizadas a cada quatro anos. Aos ministros do governo também são concedidas participação no parlamento e podem ser até dezesseis, excluindo os cinquenta membros eleitos. Segundo a Constituição do Kuwait, a decisão de nomeação de um novo emir ou príncipe herdeiro da família Al-Sabah tem de ser aprovada pela Assembleia Nacional. Se o candidato não conseguir os votos da maioria da assembleia, a família real deverá apresentar os nomes de três outros candidatos à Assembléia Nacional, que deve aprovar um deles para manter o posto. Qualquer emenda à Constituição pode ser proposta pelo Emir, mas ela precisa ser aprovada por mais de dois terços dos membros da Assembléia Nacional antes de ser executada.

 

O Portas que se cuide. 😀

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2012/02/e-o-sheikh-sabe/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog