Valor do corte das ofertas não essenciais

Conforme já tinha feito referência aqui o OE2012 prepara-se para cortar nas ofertas não essenciais do ensino básico.

Estes cortes no valor de 100,2 milhões de euros têm um impacto no PIB de 0,1%.

Para além destes cortes que devem incidir essencialmente no currículo também se prevê um acréscimo de alunos por turma no ensino regular e nos cursos EFA com uma poupança de 87,8 milhões de euros bem como a continuação da racionalização da rede de escolas do 1º ciclo e a continuação da aposta na criação de mega agrupamentos com uma redução de 54 milhões de euros.

Com a redução de 147,4 milhões de euros no ensino superior e ciência mais uma redução de 208,7 milhões de euros que não está discriminada, a redução total no MEC para 2012 irá ser de 600,1 milhões de euros, 0,4% do PIB.
Acrescido os cerca de 600 milhões de euros com o não pagamento dos subsídios de Férias e Natal o corte total que irá afectar a Educação ultrapassa em muito o mil milhão de euros.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/valor-do-corte-das-ofertas-nao-essenciais/

7 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Bom dia!
    Mas o que é que se entende por “ofertas não essenciais”? Será que a LE II está realmente incluida, como já se tem falado? Quando podemos comprovar isso?
    Esta insegurança começa a ser insustentável…
    Obrigada pela partilha!

    M.

  2. Efetivamente falta especificar o que são as ofertas não essenciais…

      • Ana Guedes on 18 de Outubro de 2011 at 15:57
      • Responder

      Para este ministro essencial é só matemática e depois talvez a língua portuguesa, mas só um bocadito e para não parecer muito mal! Tudo o resto não interessa nada! Quer acabar com as humanidades.
      A montanha pariu um (c)rato.

    • Pedro on 18 de Outubro de 2011 at 17:24
    • Responder

    Talvez se estejam a referir às actividades de enrrequicimento curricular!!!!(AEC)

    1. Essas também, mas não devem chegar aos 30 milhões.

    • Pedro on 18 de Outubro de 2011 at 17:25
    • Responder

    errata “enrriquecimento”

      • Anónimo on 18 de Outubro de 2011 at 21:26
      • Responder

      errata “enriquecimento” (já agora)

  1. […] As contas do i são muito parecidas com as minhas. […]

  2. […] As contas do MEC são iguais às minhas. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: