BR4 – Listas

Post para as listas da BR4.

As bolsas de recrutamento têm saído às segundas-feiras por volta das 17 horas. É provável que hoje por essa hora seja conhecida a BR4.

Link para aceder à aplicação da Bolsa de Recrutamento

Lista de Colocações Administrativas BR 4

Colocações de DACL na BR4

100

110

210

240

500

Colocações de Contratados na BR4

100 – Educação Pré-escolar

110 – 1º Ciclo do Ensino Básico

200 – Português e Estudos Sociais História

210 – Português e Francês

220 – Português e Inglês

230 – Matemática e Ciências da Natureza

240 – Educação Visual e Tecnológica

250 – Educação Musical

260 – Educação Física

300 – Português

310 – Latim e Grego

320 – Francês

330 – Inglês

340 – Alemão (nenhum colocado na BR4)

350 – Espanhol (Já não havia candidatos por colocar em 31 de Agosto)

400 – História

410 – Filosofia

420 – Geografia

430 – Economia e Contabilidade

500 – Matemática

510 – Físico e Química

520 – Biologia e Geologia

530 – Educação Tecnológica

540 – Electrotecnia

550 – Informática

560 – Ciências Agro-Pecuárias

600 – Artes Visuais

610 – Música

620 – Educação Física

910 – Ensino Especial

920 – Ensino Especial

930 – Ensino Especial

Tratamento de dados das BR

Tratamento de dados com a BR1, BR2 e BR3 e não colocados do grupo 220 (trabalho elaborado pela Tânia Figueiredo)

Tratamento de dados com os colocados até à BR4 a partir da lista de não colocados da BR3 e OE colocados no grupo 230 (trabalho elaborado pela Andreia Salgueiro)

Listas de não colocados na BR4

110 (lista enviada pela Lúcia Lourenço)

230 (lista enviada pela Andreia Salgueiro)

400 (lista enviada pela Arminda Costa)

420 (lista enviada pela Paula Ferreira)

500 (lista enviada pela Cristina Valadares)

510 (lista enviada pelo Manuel Guerreiro)

520 (lista enviada pelo Nuno Forner)

530 (lista enviada pela Celina Gonçalves)

620 (lista enviada pelo João Pitti)

910 (lista enviada pela Marisa Sales já actualizada com os colocados em OE até ao dia 03/10)

As listas de Não colocados serão publicadas durante a semana à medida que me forem chegando

Para ver as listas da BR3 clicar aqui.

Para ver as listas da BR2 clicar aqui.

Para ver as listas da BR1 clicar aqui.

Para ver todas as listas de 31 de Agosto clicar aqui.

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2011/10/br4-listas-2/

40 comentários

9 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,


  1. Hi arlindovsky, Saudações! Assistência realmente úteis sobre este artigo informativo! É verdadeiramente as modificações pequenas que fazem a maior modificações. Muito obrigado um bom negócio para compartilhar!

    • Bruno Reis on 3 de Outubro de 2011 at 15:16
    • Responder

    Deixo aqui uma sugestão para que a informação relativamente à pouca vergonha que são as ofertas de escola possa chegar aos encarregados de educação e alunos:

    Divulguem nos sites das escolas (fóruns, livro de visitas, ou qualquer espaço que permita deixar um comentário) as colocações duvidosas que ai ocorreram.

    Este problema não nos afecta só a nós professores, pois também é altamente lesivo dos legítimos interesses e direitos dos alunos e dos encarregados de educação, assim sendo eles têm direito de saber o que lhes está a ser feito pelas direcções das escolas e agrupamentos.

    • Bruno Reis on 3 de Outubro de 2011 at 17:16
    • Responder

    Não se esqueçam de assinar a petição contra as ofertas de escola.

    http://www.peticao24.com/signatures/manifesto_contra_as_ofertas_de_escola/

    • Bruno Reis on 3 de Outubro de 2011 at 19:17
    • Responder

    Caros Amigos,

    Acabei de ler e assinar esta petição online:

    «MANIFESTO CONTRA AS CONTRATAÇÕES DE ESCOLA»

    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2011N14808

    Pessoalmente concordo com esta petição e acho que também vais concordar.


  2. BR4???Onde???

    • on 3 de Outubro de 2011 at 20:33
    • Responder

    Colega Arlindo, está a faltar a terminação pdf nos links que hoje colocou!

    • ana on 3 de Outubro de 2011 at 23:04
    • Responder

    não há c0locações no 260?

    • Pedro on 3 de Outubro de 2011 at 23:05
    • Responder

    A vergonha continua. No ano passado fui colocado na BR2. Este ano já vamos na BR4 e nada. Como concorri só a anuais é melhor começar a procurar outro emprego. Hoje só apareceu 1 horário anual no grupo de filosofia. Vão-me dizer que todos os outros são realmente temporários?????

      • Lara on 3 de Outubro de 2011 at 23:30
      • Responder

      Concordo plenamente! Há 2 anos que fico colocada na BR3 e lembro-me que saíam, pelo menos, 20 horários anuais (completos ou quase completos) por lista. Este ano, nas últimas 2 listas, saíram 13 horários anuais e na sua maioria pequenitos. Eu não acredito que todos os outros sejam realmente temporários. É impossível! As necessidades das escolas não mudaram assim tanto! Ai… se pudesse voltar atrás e mudar minha escolha de horários…

    • Fátima on 3 de Outubro de 2011 at 23:19
    • Responder

    Caros colegas
    Escrevemos, falamos mas o problema continua.
    Se compararmos as colocações das bolsas dos anos anteriores com o que se está a passar em 2011-2012 verificamos que muitos dos horários que aparecem como temporários eram noutros anos anuais.
    Verifica-se e com toda a lógica que os colegas mais bem posicionados se encontram de fora, claro, efectivamente é como se estivessem excluídos do concurso de 2011-2012, pois pelos anos de serviço não concorreram a temporários e com toda a lógica. Mas pelo que parece mudam-se as regras a meio do jogo e nada se faz.
    O problema não está na BR2 se analisarem com mais atenção verificam que este problema verifica-se desde 31 de Agosto de 2011.
    Será que não seria mais lógico existir um período de modificação na opção do concurso e passarem todos a temporários, ai iria ser mais justo pois seriam colocados pela graduação o aceitar ou não ficaria ao critério de cada um.
    As contratação de escolas são a maior vergonha alguma vez vista ainda falavam nos mini concursos pelo menos ai existia uma lista de graduação.
    O que é injusto é que as pessoas fizeram as suas opções segundo determinadas regras e agora elas são mudadas sem mais nem menos.
    Se telefonarem para as escolas de certeza que uma em cada dez diz que o horário é anual, claro regras mudadas são para ser cumpridas.
    Agora pergunto estes horários de um mês vão voltar às bolsas para mais um mês ou as escolas decidem se devem renovar o contracto mensalmente?
    Pois se são mensais deveriam voltar as bolsas, mas mais uma semana e teremos a resposta, senão me engano quase todos estes temporários vão ser renovados mensalmente.
    E os colegas que só concorreram a anuais?
    Desculpem esses já foram “excluídos” do concurso, esses são para esquecer.

    • NELA on 3 de Outubro de 2011 at 23:46
    • Responder

    Alguem me consegue arranjar a lista dos não colocados do grupo 240(incluindo ja a BR4)
    obrigado

    • ana 3180 on 4 de Outubro de 2011 at 0:22
    • Responder

    Obrigada aos colegas por esta recolha de dados…

    • Resistente on 4 de Outubro de 2011 at 1:31
    • Responder

    Bem… Pior do que estas “Ofertas de Escola” é um “pequeno” fenómeno que está a acontecer e que poucos se estão a aperceber…
    MUITA ATENÇÃO AO SEGUINTE:
    Eu conheço alguns casos de professores que estão neste momento no privado (porque um dia conseguiram, provavelmente, uma cunha para lá entrarem) e que, neste momento começam a pensar em sair..
    QUAL A ESTRATÉGIA?
    Bem.. Conheço alguns casos destes professores que, mesmo estando ainda colocados no privado (já com vários anos de serviço), concorrem a uma oferta de escola de muito poucas horas (4 ou 5h, normalmente, de duração anual)… Apresentam-se ao serviço e cumprem-no até aos 30 dias (prazo em que podem denunciar o contracto)… Depois disso, passam a estar em 1ª prioridade por terem 5 ou 6 dias de serviço no público e vão passar a estar à frente de colegas muito bem graduados, porque têm um número infinito de dias de serviço obtido, certamente, com muito menos mérito do que os colegas que não tiveram “cunhas” para o privado. Resumindo: Não cumprem o contrato, não resolvendo a oferta de escola.. E passam à frente de muitos que foram sempre cumpridores das “boas regras”… Enfim, EM PORTUGAL COMPENSA SER FRAUDULENTO! Divulguem!

    • Maya on 4 de Outubro de 2011 at 1:55
    • Responder

    Pois bem, o caso é o seguinte no grupo 420, teho nº de ordem 79. superior, graduação 16,698, é obvio que tempo de serviço é tb superior 2989 dias, fui ultrapassada na BR4 por um “projecto de Professor” com 159 dias após a profissionalização, graduação 13,689, nº de ordem 995, pois menina Silvia Monteiro desejo-lhe turmas muiiiiiiiiiiiiiito grandes com um estado de espirito que nós professores estamos neste momento (com o “ROUBO”) que estamos a ser vitimas. Era optimo que já no Natal a menina vá com as renas para a Laponia de preferência sem regresso. Há! já agora não se esqueça das luvas pois lá faz frio.
    Tenho Dito!!! “Porr..” desabafei!!!

      • João Silva on 4 de Outubro de 2011 at 9:32
      • Responder

      Sendo eu professor, acho lamentável a forma como esta sra. (Maya) se dirige à colega. Se entende que deve reclamar, aceito e apoio. Mas chamar a um colega “projecto de professor” e dizer que a mesma deve ir para a Lapónia, acho lamentável. Isto porque, se pensar bem, todos já fomos “projectos de professor”, uma vez que houve um dia em que começamos a dar aulas, onde não tínhamos tempo de serviço. Isto, a meu ver, só serve para mostrar o estado em que está a classe, o sistema e os motivos pelos quais o M.E. faz o que quer e entende. Com professores a pensarem assim como a colega “Maya”, admiram-se do que o M.E. faz connosco? Eu não! E já agora, solicitava ao colega Arlindo, que não conheço, que moderasse este tipo de comentários. Eu sou prof. contratado, tenho 8 anos de serviço e também vi muitas pessoas a passar à minha frente e reclamei nos locais próprios. Agora essa do “projecto de professor”, achei lamentável!

      • Anónimo on 4 de Outubro de 2011 at 18:09
      • Responder

      Que culpa tem essa colega de ter ficado colocada e a senhora Dra Maya não?(SANDRA ISABEL GUERREIRO ALVES- que se identificou dando os dados todos) O que está em causa não é quem fica colocado à frente de quem mas sim a mudança de regras por parte dos MEC a meio do “jogo”. Não lhe fica nada bem dizer estas coisas aqui. Somos todos professores.

        • Ana Guedes on 4 de Outubro de 2011 at 21:33
        • Responder

        Sem dúvida, colega anónimo(a)! E gente com este nível diz-se professora??? Que culpa tem a colega de ter sido colocada?
        Maya, já releu o seu comentário? Acha que é digno de uma professora? Não há valores? Não há princípios?
        Acredito que esteja revoltada! Não é para menos! Mas daí a todo este irracional arrazoado contra uma colega… valha-me Deus! Onde pára a Ética? É por todos estes exemplos que a nossa profissão está pelas ruas da amargura! ÀS vezes at+é sinto vergonha de ler certos comentários vindos de pssoas que se dizem professores! Quase chego a desconfiar se o serão! É que entendo a missão de professor como um formador de cidadãos… enfim… é o que temos…

          • Maya on 5 de Outubro de 2011 at 1:50

          Para as duas meninas Sandra Isabel Guerreiro Alves e Ana Guedes, muito bem! as meninas já devem estar colocadas e muito bem colocadas ou então devem fazer parte da congregação dos missionarios de pé descalço!!! Já agora têm filhos para dar de comer, a casa para pagar, a luz, o gás, a água, a electrecidade para pagar!!! Então não se façam de Virgens Ofendidas, porque vocês antes de serem Professoras (se São???) São pessoas (se São) . Cambada de CHUL… que vivem à conta dos Favores!!! Impecilhos borbidos…”Projectos de Professores”.

          • Anónimo on 5 de Outubro de 2011 at 13:38

          O seu comentário devia ser removido. A Sra Maya é a vergonha da classe de professores. Deve ser daquelas que só se importa com o seu umbigo, que na escola trabalha para ela e prejudica os outros quando tem oportunidade. A senhora não tem discernimento para ver onde reside todo este problema, pois não? Está a fazer um ataque verdadeiramente vergonhoso a quem tem todo o direito de concorrer como a Sra Dra Professora Com Mais Graduação. Uma frustrada na vida. Longe longe de pessoas assim!!!

          • Anónimo on 5 de Outubro de 2011 at 13:49

          Peço ao administrador deste blog que apaque os comentários da Maya, envergonha qualquer professor. Não é correcto estes comentários ficarem registados num espaço como este, com muita visibilidade, onde são discutidos assuntos sérios, onde já foi referido em muitos outros sitios como espaço de reflexão de referência, onde há democracia para se opinar mas nunca pode ser permitido ofender directamente um colega expondo aqui inclusivé o nome. Boa tarde.

          • Ana Guedes on 5 de Outubro de 2011 at 18:49

          Nem me vou dar ao trabalho de responder, até porque o silêncio é a melhor respotsa para quem nem uma resposta merece.
          Maya, se reler os seus comentários concluirá que não merecem qualquer resposta.
          Assim como o anónimo anterior: peço ao Arlindo que remova comentários destes, pois envergonham a classe dos professores. Sinto-me ofendida, não por mim (pois a pessoa não me conhece de parte alguma), mas ofendida por todos, por ser professora e ver gente desta a dizer-se também professora. Sinto VERGONHA!

    • Prof 110 on 4 de Outubro de 2011 at 9:38
    • Responder

    Arlindo, muitos parabéns por este excelente trabalho!!!Queria colocar uma questão: o que significam estas colocações administrativas???
    Obrigada!!


    1. São situações estranhas. Analisando a lista das colocações administrativas da BR4 com a pesquisa no google:
      ANA PAULA DOS REIS CAMPOS CARLÃO QA/QE 220 PORTUGUÊS E INGLÊS retirado – Elemento de orgão de gestão
      MARIA IVONE DURÃO RAMOS CALADO QA/QE 100 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR retirado – Elemento de orgão de gestão
      SANDRA ISABEL OLIVEIRA DA SILVA QZP 510 FÍSICA E QUÍMICA retirado – Elemento de orgão de gestão
      ANA CRISTINA SOUSA CUNHA DE OLIVEIRA LSV 110 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO retirado – Não manifestou preferências
      Docentes Contratadas
      SÍLVIA MESQUITA LOPES CN 402886 510 (lista provisória 2011/2012)
      TERESA MARIA DE OLIVEIRA PINHO 145014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALBUFEIRA POENTE C (DOCENTE CONTRATADA EM 2009/2010)

      Não consigo explicações para os últimos dois casos. Possivelmente algum recurso ganho no ingresso na carreira.

    • Ana Oliveira on 4 de Outubro de 2011 at 10:18
    • Responder

    Isto é uma palhaçada… é de tamanha incongruência… estamos perante colocações de colegas que “apenas” foram colocados por 6 dias de trabalho…pois é verdade…se a colocação é a 3/10 e o fim é a 9/10 …pelo menos ainda não perdi o raciocínio…são seis dias ou agora a diferença de 9 para 3 serão 30…
    Penso que tenho de voltar à escola para aprender a fazer operações… Onde chegamos… e o que ainda nos espera…

    • Anónimo on 4 de Outubro de 2011 at 10:24
    • Responder

    outros preferiam não estar no privado…
    há dieitos adquiridos perdidos,há recibos verdes…há muita coisa,que os colegas que estão bem consentem,porque ainda não lhe tocou.

    • teresa on 4 de Outubro de 2011 at 11:37
    • Responder

    Bom dia colegas,

    alguem tem as listas do grupo 510. Obrigada

    • lala on 4 de Outubro de 2011 at 12:18
    • Responder

    alguma alma caridosa tem o grupo 600?

    • joaoantao on 4 de Outubro de 2011 at 14:26
    • Responder

    Boa tarde colegas.

    Isto fica cada vez mais complicado.

    O ministerio vai continuar a fazer um ritmo de uma BR todas as semanas ou de quinze em quinze dias?

    Enfim, ridiculo.

    • Carlos on 4 de Outubro de 2011 at 19:01
    • Responder

    Disseram-me que só vai haver 6 bolsas este ano. Depois passa tudo para ofertas de escola até ao fim do ano lectivo. Alguem sabe informações sobre isso??

      • joaoantao on 6 de Outubro de 2011 at 12:37
      • Responder

      Colega Carlos, so 6 bolsas este ano ?!!!!!!!!!!

      Portanto so mais duas hipoteses de colocaçao…

    • on 6 de Outubro de 2011 at 13:37
    • Responder

    Colegas,
    estamos ofendidos com tudo o que tem decorrido desde a 1.º bolsa de recrutamento, porque algo n correu como esperávamos. Entendo a colega que desabafou e, acredito que n deseja mal à outra colega; este desabafo é fruto de tudo o que tem vindo a acontecer…mas acho que a própria ofendida tb entendeu e n levou a mal. Estes colegas é que estão a levantar confllito e isso n ajuda nada. Peço que n se ofendam pois todos estamos magoados.
    Na minha opinião, houve uma corrida às reformas antecipadas e aos atestados para esperar pela reforma em casa. O que n permitiu às escolas pedir horários Anuais, pois na verdade n o são, basta que se trata de atestados. Os colegas menos graduados tiveram sorte, mas tb correm riscos, pois os atestados duram o que tiverem de durar…Tudo isto mudou os planos para muita gente, porque n ficaram onde julgavam ficar e estragou o resto do concurso de todos.
    Neste momento anda muita gente desesperada a concorrer a ofertas de escola, eu própria já concorri, e vemo-nos em listas imensas de candidatos que n conhecemos de lado algum e vão sendo seleccionados. Perdemos o controle das colocações e é por isso que andamos desatinados. Perdoem-nos. Para muitos de nós é a primeira vez nestas circunstâncias. Ninguém é culpado, mas o que é certo é que se destruiram projectos de vida de muitos colegas.

    • David on 8 de Outubro de 2011 at 21:42
    • Responder

    Olá.
    Alguém tem a lista de não colocados do grupo 240 – EVT?
    Gostava de ter acesso.
    Obrigado

    David

    • 110 on 10 de Outubro de 2011 at 11:47
    • Responder

    Cara colega Maya, tal como muitos colegas estou chocada com a forma como tratou a colega. É por causa de colegas como você que o ensino está como está. A colega Sílvia não tem culpa das escolhas que você fez. Cada um é livre de tomar as decisões que bem entender na altura dos concursos, mas depois terá que aprender a lidar com as mesmas.

    • Maria Elsa Gonçalves de Sousa Pereira on 13 de Outubro de 2011 at 18:36
    • Responder

    Por favor colegas observem a pouca vergonha das ofertas de escola.

    No fim do mês de Setembro concorri a uma horário do Grupo 400 na Escola Dr. Augusto César Pires de Lima, no Porto.
    Critérios: classificação profissional; ter leccionado em anos anteriores na Escola e entrevista profissional.
    Cumpria todos os critérios, No entanto, e qual não é o meu espanto ficou colocado um colega com a classificação profissional de 12,665, colocado quase 500 lugares atrás de mim e com 58 dias de serviço após a profissionalização.
    Estão espantados? ,,,. Eu não. O colega é “somente” genro do Director da Escola.
    Sem comentários… Não haverá nimguém que acabe com esta pouca vergonha?

    • Anónimo on 13 de Outubro de 2011 at 22:22
    • Responder

    Boa noite!

    Antes de mais queria felicitar o colega Arlindo, do trabalho fabuloso que tem realizado no sentido de facilitar e agilizar a consulta de dados relativos à docência.
    Muito obrigada!

    Tenho uma questão a colocar: Será legalmente possível um docente,ter sido colocado em AEC numa escola e ter sido recrutado pela mesma e posteriormente denunciar esse contrato e realizar um novo contrato em OE,nesse mesmo estabelecimento de ensino?

    A DGHRE considerou uma questão pertinente,mas ainda não me forneceu resposta formal.

    Obrigado!


  3. Não é possível depois de denunciar com uma escola voltar a assinar contrato com a mesma escola.
    Quem é a entidade promotora das aec?

    • Anónimo on 13 de Outubro de 2011 at 22:30
    • Responder

    Colega Maria Elsa,

    Calculo que tenha denunciado a situação em todas as instâncias possívéis e imaginárias!!!! Se não o fez,deveria fazê-lo, pois é uma situação gritante,vergonhosa e lamentável.
    Trabalhamos no ensino público,mas cada vez mais com contornos “típicos”do mundo de trabalho do privado…

    A verdadeira lei da selva impõe-se dia após dia!!!!

    Haja justiça!!!!!

    PS: Boa sorte !

    • Anónimo on 13 de Outubro de 2011 at 22:34
    • Responder

    A própria escola onde o candidato se encontra a leccionar tal como referi!

    • Anónimo on 13 de Outubro de 2011 at 22:41
    • Responder

    Já agora…o candidato só poderia,acho eu, denunciar contrato dentro de um prazo de um mês…,pelo que ultrapassado este prazo já não é legalmente possível não é verdade?


  1. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  2. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  3. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  4. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  5. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  6. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  7. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  8. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]


  9. […] Para ver as listas da BR4 clicar aqui. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog